Cavera: O excesso de experimentalismo atrapalha um pouco

Resenha - Unfit For Rational Consumption - Cavera

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Junior Frascá
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 6

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Em seu primeiro trabalho, a banda CAVERA nos apresenta uma musicalidade moderna, agressiva e cheia de experimentalismo, com uma grande diversidade de elementos, mas calcada em especial no thrash/groove metal.

5000 acessosNamore um cara que goste de Metal5000 acessosSlash: guitarrista enumera seus 10 riffs favoritos

Formada por Rodrigo Rossi (vocal), Catiano Alves da Silva (guitarra), Leandro Mantovani (baixo) e Emerson Luiz dos Santos (bateria), a banda conseguiu criar faixas intensas e cheias de personalidade, com um trabalho instrumental coeso e brutal, que traz inclusive vários elementos de math e nu metal.

E isso fica bem perceptível em faixas como “Creatures”, “Mental Killer” e “Little General”, que mostram bem a proposta da banda, de soar moderna e diferenciada.

A produção do trabalho também é muito boa, assim como a belíssima capa, que chama a atenção logo de cara.

Todavia, o grande problema aqui fica para as linhas vocais de Rodrigo Rossi. Não que o cara seja um cantor ruim, muito pelo contrário. Mas é que há tantos experimentalismos em suas interpretações, tantas variações (muitas não combinando com a parte instrumental) que acaba faltando coesão em muitos momentos, tornando a audição do trabalho maçante. Nos momentos mais agressivos, há um grande destaque, mas que cai por terra quando mudam abruptamente para momentos mais melosos e fora de contexto.

Mas, como dito, o CAVERA é uma banda com potencial, capacidade e coragem, e tem tudo para evoluir e conseguir transmitir toda essa criatividade de forma mais orgânica e visceral.

Unfit For Rational Consumption - Cavera
(Independente - 2015)

Faixas:

01 – Collision
02 – Creatures
03 – Mental Killer
04 – Controlled By The Hands
05 – Little General
06 – Glistening Lips
07 – Seven
08 – Snuff Box
09 – Time To Die
10 – Calhordas
11 – Unnamed Pills
12 – More Lies
13 – La Strega Rossa/Senza Cura

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Unfit For Rational Consumption - Cavera

478 acessosCavera: Dando o primeiro passo com este ótimo debut

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Cavera"

HumorHumor
Namorar um headbanger é sair da zona de conforto

SlashSlash
Guitarrista enumera seus 10 riffs favoritos

SexoSexo
Como se comportam os fãs de cada vertente de Metal?

5000 acessosSeparadas no nascimento: Pitty e Amy Winehouse5000 acessosA polêmica origem do termo Heavy Metal5000 acessosIron Maiden: ouça o baixo de Steve Harris isoladamente5000 acessosBonnie Rotten: estrela pornô fala do amor ao Metal5000 acessosFotos de Infância: Bruce Dickinson, do Iron Maiden5000 acessosIron Maiden: West Ham justifica a saudação "Up the Irons"

Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online