Dante Fenderrelli: Quando as coisas não saem como deveriam

Resenha - Pleasures - Dante Fenderrelli

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Vicente Reckziegel
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 6

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Sempre é complicado fazer uma resenha de um álbum quando tu pareces não conseguir captar o que o artista realmente tentou passar com sua música. Foi o que aconteceu no caso deste 'Pleasures', primeiro lançamento solo de Dante Fenderrelli.

5000 acessosJohnny Ramone: "Não era bom abrir o show do Black Sabbath"5000 acessosEddie Van Halen: "Eruption foi um acidente"

Dante é um multi instrumentista, e em 'Pleasures' procurou resgatar um pouco o Rock anos 60 e 70, trazendo o mesmo para os dias de hoje. Apesar de ser, obviamente, um músico mais que competente, talvez o resultado esperado não foi alcançado. Muito disso em virtude da pobre produção do disco, mesmo que ele intencionalmente deveria soar cru. O problema é que existem diferenças no volume dos instrumentos, com os vocais baixos demais em detrimento das guitarras, alem de não soar da maneira correta. Na verdade o resultado ficou mais próximo do Grunge que do Rock n' Roll.

As sete faixas que compõem 'Pleasures' (sendo duas versões quase iguais de 'She's Just Falling') soam cruas, simples e propositadamente desleixadas, um Rock mais sujo e lisérgico. Só que tudo acabou soando simples demais, e as letras contribuem para essa sensação, casando mais com uma banda Punk que uma de Rock n' Roll. Como maior destaque temos a citada faixa de abertura (ou de encerramento, depende do ponto de vista), essa uma música com ritmo empolgante, com potencial até para hit e ótimos riffs de guitarra. Na verdade é esse instrumento que traz os melhores resultados, pois 'Winds Should' e 'Lady Violence' possuem ótimos riffs e melodias. Já 'Got So Free' poderia ser uma Demo perdida do Nirvana, o que mostra o lado Grunge no trabalho de Dante.

Já no DVD que acompanha 'Pleasures' temos cinco faixas (visto que 'She's Just Falling' aparece novamente duas vezes aqui), sendo que Making Love é um cover do Kiss. Apesar da boa edição de imagens, o DVD não traz grandes surpresas, com exceção do Videoart da música 'She's Just Falling', que traz uma rapariga nua se banhando, o que não é de todo ruim (pelo contrário).

Enfim, potencial é algo que não pode ser negado que Dante possui, pois ele tem postura e alma roqueira, e criou alguns riffs de guitarra muito bacanas em 'Pleasures', mas talvez o desejo de fazer algo mais sujo e analógico tenha o feito perder um pouco o rumo. Mas nada que não tenha solução.

7 faixas (CD) – 19:08

Tracklist:
1. She's Just Falling
2. Winds Should
3. She Goes Now
4. Lady Violence
5. Got So Free [Live n Wild]
6. She's Dancing On
7. She's Just Falling [Live]

DVD:
1 - Making Love (Live)
2 - She's Just Falling (Live)
3 - Lady Violence
4 - She Goes Now
5 - Got So Free (live)
6 – She's Just Falling (Videoart)

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Pleasures - Dante Fenderrelli

232 acessosDante Fenderrelli: Mesclando estilos pra buscar originalidade

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Dante Fenderrelli"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Dante Fenderrelli"

Johnny RamoneJohnny Ramone
"Não era bom abrir o show do Black Sabbath"

Van HalenVan Halen
Eddie explica os segredos do seu modo de tocar

GhostGhost
O lado escuro do rock: você acredita em magia negra?

5000 acessosCannibal Corpse: o pescoço gigante de George Fisher5000 acessosComo Conservar e Recuperar Cordas de Baixo5000 acessosMarcelo Maiden: Uma impressionante coleção de ítens do Iron Maiden4240 acessosWhitesnake: Vivian Campbell conta como superou treta com David5000 acessosAnos 80: cinco nomes do metal que se entregaram ao glam metal5000 acessosTom Englund: os álbuns que marcaram o vocalista do Evergrey

Sobre Vicente Reckziegel

Servidor público, escritor, mas principalmente um apaixonado pelo Rock e Metal há pelo menos duas décadas. Mantêm o Blog Witheverytearadream desde Dezembro de 2007. Natural e ainda morador de uma pequena cidade no interior do Rio Grande do Sul, chamada Estrela. Há muitos anos atrás tentou ser músico, mas notou que faltava algo simples: habilidade para tocar qualquer instrumento. Acredita na música feita no Brasil, e gosta de todos os gêneros, desde Rock clássico até Black Metal.

Mais matérias de Vicente Reckziegel no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online