Matérias Mais Lidas

imagemRock in Rio: Pitty alfineta a produção do festival ao revelar qual seria sua exigência

imagemQuando Derico, do Programa do Jô, descobriu que Ian Anderson tocava tudo errado

imagemO hit da Legião que Renato Russo compôs para Cássia Eller e traz coincidência trágica

imagemNova Fã que descobriu Metallica por Stranger Things quer cancelar banda e reúne provas

imagemJoão Gordo se reencontra com o amigo Iggor Cavalera; "Agora falta zerar com o vovô"

imagemRob Halford compartilha a foto mais metal da semana; "O Rei e Eu"

imagemO clássico dos Paralamas do Sucesso que Lobão acusou de plágio

imagemIron Maiden e o Rock in Rio: em detalhes, o que exatamente a banda pediu para o evento

imagemO hit de Nando Reis inspirado em clássico do Led Zeppelin e na relação com sua mãe

imagemJimmy Page conta como convenceu Robert Plant a formar o Led Zeppelin

imagemPaul Di'Anno recebe ajuda de Derek Riggs para angariar fundos

imagemA opinião de Marcelo Barbosa sobre cancelamento de Metallica e Pantera por racismo

imagemA música do Black Sabbath favorita de Frank Zappa

imagemGuitarrista do Skid Row diz que não fala com Sebastian Bach e não pensa em fazer pazes

imagemKing Diamond fala sobre retorno do Mercyful Fate; "Isso não é uma reunião"


Dream Theater 2022

Nightwish: O Nascimento Oceânico

Resenha - Oceanborn - Nightwish

Por Vitor Sobreira
Em 19/12/15

Nota: 9

Mesmo não tendo idade o suficiente para ter acompanhado o Nightwish em seus primeiros anos de carreira, sei o bastante para notar que os (então) jovens finlandeses estavam destinados a conseguir um belo lugar ao sol, e, como prova, a ascensão rápida e a qualidade cada vez mais assombrosa de seus lançamentos, já seriam mais do que necessários para entender a 'bagaça'. Tirando o fato da banda ter virado moda há uns anos atrás, e os confusos dois lados da moeda que permeiam a conturbada demissão de Tarja Turunen, é sempre prazeroso apreciar o som do Nightwish. Vamos lá?!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sempre gostei do Metal feito no final dos anos 90, e com este segundo lançamento de 1998, a banda, sempre conduzida pelo tecladista Tuomas, estava a poucos passos do "estrelato" mundial (mesmo que em constante crescimento), produziu aqui a qualidade vista e reverenciada até hoje. Os vocais operísticos de Tarja, a atenção prioritária dada aos teclados, a bateria trabalhada e pesada e uma guitarra solitária, porém barulhenta e com uma suculenta pegada oriunda do Metal Tradicional, sem contar as músicas recheadas de 'feeling' e momentos de arrepiar, foram a fórmula seguida e executada à risca pelo grupo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

É interessante notar como a bela capa faz uma pequena referência à faixa "Devil & The Dark Deep Ocean" ('Uma imaculada coruja sobre as águas assombradas' [...] 'A senhora vestida no mais brilhante branco') e o embalo Power que as músicas possuem, dando um show de momentos velozes (abolidos aos poucos pela 'banda' nos futuros lançamentos), pesados e empolgantes. Apesar da (então) pouca idade dos músicos, eles não se intimidaram nem um pouquinho na hora de criar e apresentar músicas dinamicas e originais como 'Stargazers', 'Moondance' (que serviria de "base estrutural Folk" para as futuras 'Last Of The Wilds' e 'The Crow, The Owl & The Dove'), 'The Riddler', 'Gethsemane', 'Devil & the Deep Dark Ocean' e 'Sacrament of Wilderness'. Citei estas apenas como parte do tesouro... O restante, ao ouvir também, você irá descobrir o quão boas também são.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Além de partes pomposas, presenciamos ainda climas sombrios (que tanto gosto), e também é interessante notar como Tuomas Holopainen sempre se saiu bem com seus teclados, seja nas camadas de efeitos e solos (ainda não abusando de orquestrações) e Tarja, que mais tarde seria mundialmente aclamada por sua excelente técnica, óbvios frutos de anos dedicados a estudos e treinos.

Este é um disco direto, pesado, ocasionalmente veloz, original e muitissimo bem feito, que chama a atenção logo de cara e nos conquista com sua pureza e honestidade, revelando que diversas facetas (os teclados enigmáticos, a guitarra Tradicional, a bateria feroz e o vocal lírico-soprano) puderam muito bem se complementar e criar algo belíssimo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Uma pena mesmo é o fato de terem deixado um pouco de lado este som, mas vendo por outro lado, ao ouvirmos quantas músicas magnificas, caprichadas e cada vez (ainda) mais complexas eles lançaram depois, mesmo "aprimorando' sua sonoridade, podemos sentir que é, e sempre será o mesmo Nightwish. Agora, é só apreciar!

Track List:
1. Stargazers
2. Gethsemane
3. Devil & the Deep Dark Ocean
4. Sacrament of Wilderness
5. Passion and the Opera
6. Swanheart
7. Moondance (Instrumental)
8. The Riddler
9. The Pharaoh Sails to Orion
10. Walking in the Air
11. Nightquest (Special Bonus)

Line Up:
Tarja Turunen - Vocals
Tuomas Holopainen - Keyboards & Vocals (backing)
Emppu Vuorinen - Guitars
Sami Vänskä - Bass
Jukka Nevalainen - Drums, Percussion & Vocals (backing)

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Lançamento: 1998 - Spinefarm Records.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

"Sou um depressivo crônico desde 2010", diz Marco Hietala, ex-baixista do Nightwish

Nightwish começará a gravar próximo disco de estúdio em 2023

Floor Jansen compartilha momento pós-treino e deixa fãs empolgados

Marco Hietala quebra o silêncio sobre possibilidade de retorno ao Nightwish

Russell Allen e Anette Olzon lançarão álbum em setembro; confira tracklist e faixa

Vídeos dos shows no Hellfest do Sepultura, Epica, Nightwish, Blind Guardian e outros

Regis Tadeu elogia Tarja e detona Nightwish; "babam porque a Floor é alta e gostosa"

Guitarrista do Kreator relembra como foi sua participação em duas músicas do Nightwish

Regis Tadeu e as piores bandas de Power Metal de todos os tempos

Como é a relação entre integrantes do Visions of Atlantis, Epica e Nightwish?

Floor Jansen surge irreconhecível em post sem maquiagem e chama atenção dos fãs

Floor Jansen lança vídeo de seu novo single solo, "Storm"; assista aqui

Todos os discos do Nightwish, do pior para o melhor, em lista da Metal Hammer

Floor Jansen, vocalista do Nightwish, lança nova música em alemão; ouça "Freunde"

Lista: Bandas "novas" de rock e metal que já podem ser chamadas de clássicas - Parte 1

Anette Olzon: ex-vocal do Nightwish trabalha como enfermeira de segunda a sexta

Nightwish: Por que a Anette foi tão criticada pelos fãs?

Metallica: a letra que fez Hammett e Hetfield chorarem

Slash: por que ele usa óculos escuros o tempo todo?


Sobre Vitor Sobreira

Moro no interior de Minas Gerais e curto de tudo um pouco dentro do maravilhoso mundo da música pesada, além de não dispensar também uma boa leitura, filmes e algumas séries. Mesmo não sendo um profissional da escrita, tenho como objetivos produzir textos simples e honestos, principalmente na forma de resenhas, apresentando e relembrando aos ouvintes, bandas e discos de várias ramificações do Metal/Heavy Rock, muitos dos quais, esquecidos e obscuros.

Mais matérias de Vitor Sobreira.