Matérias Mais Lidas

João Gordo e Eloy Casagrande ironizam morte de Olavo de Carvalho nas redesJoão Gordo e Eloy Casagrande ironizam morte de Olavo de Carvalho nas redes

Steve Vai: Eu não posso tocar como Yngwie Malmsteen; ninguém pode tocar como eleSteve Vai: "Eu não posso tocar como Yngwie Malmsteen; ninguém pode tocar como ele"

Bruce Dickinson, sem pensar duas vezes, revela pérola do Maiden que merece mais atençãoBruce Dickinson, sem pensar duas vezes, revela pérola do Maiden que merece mais atenção

Lemmy e Joey Ramone: a forte e verdadeira amizade entre duas lendas do RockLemmy e Joey Ramone: a forte e verdadeira amizade entre duas lendas do Rock

Bruce Dickinson já fez show para um único ser humano (e ofereceu cerveja ao felizardo)Bruce Dickinson já fez show para um único ser humano (e ofereceu cerveja ao felizardo)

Foo Fighters: a tocante opinião de Brian May (Queen) sobre a bandaFoo Fighters: a tocante opinião de Brian May (Queen) sobre a banda

O sentimento de Pete Best, primeiro baterista dos Beatles, após ter sido demitidoO sentimento de Pete Best, primeiro baterista dos Beatles, após ter sido demitido

Malas sem alça: dez vezes que astros do rock e do metal foram arrogantes em citaçõesMalas sem alça: dez vezes que astros do rock e do metal foram arrogantes em citações

Capital Inicial: cinco músicas que foram escritas por Pit Passarell, do ViperCapital Inicial: cinco músicas que foram escritas por Pit Passarell, do Viper

Supla diz que trap também é rock: o jovem sem guitarra é mais rock que vocêSupla diz que trap também é rock: "o jovem sem guitarra é mais rock que você"

A opinião de Dinho Ouro Preto sobre o rapper Mano BrownA opinião de Dinho Ouro Preto sobre o rapper Mano Brown

Vocalista do Saxon acha um pouco maluco Judas Priest tocar como um quartetoVocalista do Saxon acha "um pouco maluco" Judas Priest tocar como um quarteto

John Lennon: conheça a música que o uniu a Elton John e o reconciliou com YokoJohn Lennon: conheça a música que o uniu a Elton John e o reconciliou com Yoko

Raul Seixas: a inusitada reação de Paulo Coelho ao saber da morte do compositorRaul Seixas: a inusitada reação de Paulo Coelho ao saber da morte do compositor

Beatles: todas as músicas da banda em ordem de grandiosidade, segundo a NMEBeatles: todas as músicas da banda em ordem de grandiosidade, segundo a NME


Stamp

Death: Os 22 anos de "Individual Thought Patterns"

Resenha - Individual Thought Patterns - Death

Por David Torres
Em 28/06/15

Lançado em 22 de junho de 1993, através da gravadora Relativity Records, "Individual Thought Patterns" é a quinta entrega de estúdio apresentada por Chuck Schuldiner e o seu Death. Sempre acompanhado de um time invejável de músicos e compositores, Schuldiner escolhe novamente a dedo o "lineup" que encabeça esse quinto álbum de estúdio, que além de trazer novamente o excelente baixista Steve DiGiorgio (Sadus, Vintersorg, Iced Earth, Autopsy, Testament, Control Denied e outros) – que já havia gravado o trabalho anterior, "Human" (1991) – reúne também o talentosíssimo baterista Gene Hoglan (Dark Angel, Testament, Fear Factory e outros) e o excepcional guitarrista Andy LaRocque (King Diamond, E.F. Band, IllWill, X-World/5). O resultado final, senhoras e senhores, é mais um registro impecável e recheado de composições inspiradas.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Individual Thought Patterns", assim como os trabalhos anteriores, com exceção do "debut" "Scream Bloody Gore" (1987), foi novamente produzido por Scott Burns (Cannibal Corpse, Demolition Hammer, Terrorizer). O disco mantém uma linha sonora similar ao registro anterior, "Human", entretanto ruma para uma direção mais progressiva e flerta com elementos de Jazz em suas composições. O álbum se inicia com a furiosa "Overactive Imagination", uma faixa recheada de "riffs" espetaculares, dona de uma "cozinha" absolutamente matadora de baixo e bateria, ótimos solos de guitarra e um desempenho vocal esmagador e acima de qualquer suspeita.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"In Human Form" é a faixa seguinte. A música começa cadenciadamente e não leva muito tempo para que uma nova sequência de arranjos mirabolantes e variações de andamentos muito criativas invadam os alto-falantes. Na sequência, "Jealousy" conta com uma pulsante marcação de baixo de Steve DiGiorgio, um excelente trabalho de bateria do monstro texano Gene Hoglan, além um trabalho de guitarras deslumbrante da dupla LaRocque/Schuldiner. As mudanças de andamento são bem construídas e completamente alucinantes, enlouquecendo os ouvintes a cada instante. Os acordes iniciais de "Trapped in a Corner" ecoam pelos alto-falantes, abrindo assim a quarta faixa do álbum. Não há muito que dissertar sobre essa faixa. É uma daquelas composições que já nascem clássicas, recheada de "feeling" e virtuosismo em suas notas afiadas e certeiras. Um dos grandes destaques da obra!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

As palhetadas cadenciadas de "Nothing is Everything" apresentam a quinta composição do álbum. As melodias de guitarras criadas para essa música possuem um "feeling" descomunal e proporcionam uma viagem musical maravilhosa. A próxima faixa é "Mentally Blind" e novamente temos um instrumental executado com maestria por todos os músicos. Alternando de momentos mais agressivos para passagens mais harmônicas e cadenciadas, é também uma ótima música, novamente caminhando em uma direção progressiva e não menos intrigante. Suas harmonias de guitarra hipnotizam qualquer um e não há palavra capaz de descrever tal beleza musical. Os "riffs" afiados da faixa título, "Individual Thought Patterns" ecoam pelos alto-falantes. Schuldiner e Cia. jamais perdem a mão e nos brindam com mais uma composição bem construída e fascinante, repleta de atmosfera e criatividade em cada acorde. Uma introdução bastante melódica e dedilhada apresenta "Destiny". Pouco depois, palhetadas pesadas entram em cena, bem como toda uma série de novos e portentosos arranjos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A nona faixa do álbum é "Out of Touch". A música possui uma introdução bastante atmosférica e interessante, que logo abre caminho para grandiosos "riffs" e solos, levadas sensacionais de bateria e baixo, além de mais variações de andamento. Esse grande registro chega ao fim com a espetacular "The Philosopher". Essa composição é outro forte exemplo de composição que já nasceu um clássico, recheada de passagens instrumentais e vocais realmente marcantes, permeada por melodias belíssimas e que grudam na mente do ouvinte com uma facilidade tremenda. Essa música é a única do álbum a possuir um videoclipe. Um grande clássico e um dos maiores êxitos comerciais da banda, que encerra esse trabalho de estúdio de forma competente. Mesmo caminhando em uma direção mais experimental e complexa, "Individual Thought Patterns" é um excelente álbum, com composições bem elaboradas e coesas, cortesia de músicos de primeira linha que executam o seu trabalho com perfeição. Outra grande obra da discografia do Death e outro grande registro da década de noventa.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Escrito por David Torres

01. Overactive Imagination
02. In Human Form
03. Jealousy
04. Trapped in a Corner
05. Nothing Is Everything
06. Mentally Blind
07. Individual Thought Patterns
08. Destiny
09. Out of Touch
10. The Philosopher

Chuck Schuldiner (Vocal/Guitarra) (R.I.P. 2001)
Steve DiGiorgio (Baixo)
Andy LaRocque (Guitarra)
Gene Hoglan (Bateria)


Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Outras resenhas de Individual Thought Patterns - Death

Death: Parte 6 - ITP, uma das maiores conquistas da banda

Death: A Evolução da Obra de Chuck Schuldiner

Resenha - Individual Thought Patterns - Death

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Death: ex-integrantes anunciam a banda Left To Die, que tocará Leprosy na íntegraDeath: ex-integrantes anunciam a banda Left To Die, que tocará "Leprosy" na íntegra

Death: Suas 5 melhores músicas, segundo os leitores da RevolverDeath: Suas 5 melhores músicas, segundo os leitores da Revolver

Death Metal: 30 músicas para começar a se interessar pelo estiloDeath Metal: 30 músicas para começar a se interessar pelo estilo

Weimar atinge meta e se vira pra tocar cover do Death; "tocar Legião seria derrota"

Ibanez compartilha vídeo do baixista Di Giorgio torturando seu Iron Label BTBIbanez compartilha vídeo do baixista Di Giorgio "torturando" seu Iron Label BTB

Ex-membros do Death celebram legado de Chuck Schuldiner em segundo show tributoEx-membros do Death celebram legado de Chuck Schuldiner em segundo show tributo

Death: 20 músicas para relembrar Chuck Schuldiner, que nos deixou há 20 anosDeath: 20 músicas para relembrar Chuck Schuldiner, que nos deixou há 20 anos

Death: assista os ex-membros em show tributo ao falecido Chuck SchuldinerDeath: assista os ex-membros em show tributo ao falecido Chuck Schuldiner

Kiss: 10 bandas de metal que gravaram covers do quartetoKiss: 10 bandas de metal que gravaram covers do quarteto

Death metal: os melhores álbuns do estilo lançados em 1993, pelo canal Ruthless MetalDeath metal: os melhores álbuns do estilo lançados em 1993, pelo canal Ruthless Metal

Volbeat: Michael Poulsen rasga elogios ao lendário Chuck Schuldiner, líder do DeathVolbeat: Michael Poulsen rasga elogios ao lendário Chuck Schuldiner, líder do Death

Death Metal: os melhores álbuns do estilo lançados em 1991, em lista do Ruthless MetalDeath Metal: os melhores álbuns do estilo lançados em 1991, em lista do Ruthless Metal

Death Metal: os melhores álbuns do estilo lançados em 1990, segundo o Ruthless MetalDeath Metal: os melhores álbuns do estilo lançados em 1990, segundo o Ruthless Metal

Death: todos os álbuns da banda, do pior para o melhor, em lista do Ruthless MetalDeath: todos os álbuns da banda, do pior para o melhor, em lista do Ruthless Metal

Death metal: os 10 melhores álbuns lançados nos anos 1980, em lista do Ruthless MetalDeath metal: os 10 melhores álbuns lançados nos anos 1980, em lista do Ruthless Metal


Death Metal: os melhores álbuns do estilo lançados em 1991, em lista do Ruthless MetalDeath Metal: os melhores álbuns do estilo lançados em 1991, em lista do Ruthless Metal

Bandas homônimas: Os verdadeiros Maiden, Nirvana, Skid Row e outros (vídeo)Bandas homônimas: Os verdadeiros Maiden, Nirvana, Skid Row e outros (vídeo)

Sean Reinert: doação de órgãos do batera do Cynic foi rejeitada por ele ser gaySean Reinert: doação de órgãos do batera do Cynic foi rejeitada por ele ser gay


Metallica, Guns, Slipknot, Kiss: tombos, erros e fatos engraçadosMetallica, Guns, Slipknot, Kiss
Tombos, erros e fatos engraçados

Heavy Metal: os maiores álbuns da história para os gregosHeavy Metal
Os maiores álbuns da história para os gregos


Sobre David Torres

Formado em Propaganda & Marketing, se autodenomina "Fanfarrão" graças ao seu senso de humor e modo de enxergar o mundo à sua volta. Apaixonado por filmes de terror, quadrinhos e bandas como D.R.I., Faith No More e Napalm Death, escreve também para o blog Blasting Noise Fanzine. Possui muitos sonhos, dentre eles dar início a um projeto de grindcore.

Mais matérias de David Torres.