Calibre Zero: Dinamismo e pegada no Hard 'n' Heavy

Resenha - Con Las Botas Puestas - Calibre Zero

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Está mais do que provado que o Heavy Metal cantado em espanhol é uma boa pedida, prova disso são nomes como Rata Blanca, Baron Rojo, Tierra Santa e até mais extremas como o Brujeria. E a impressão que se tem é que o estilo fica ainda mais agressivo cantado na língua mencionada.
5000 acessosPlanet Rock: As músicas com os melhores solos de guitarra5000 acessosDavid Coverdale e a palavra "Love" - Parte I

A experiente banda madrilena Calibre Zero investe em sua língua pátria e o resultado é muito bom. Sua sonoridade une peso, dinamismo e muita pegada, fazendo do seu Heavy Metal com pitadas de Hard Rock algo de extremo bom gosto.

“Con Las Botas Puestas” é o quarto trabalho da banda que tem 10 anos de carreira, o que mostra que a banda não só em dinâmica em suas músicas. Com letras politizadas, as músicas possuem climas versáteis e levadas interessantes, soando ora agressivas ora mais ‘alegres’.

Com uma produção muito boa, que soa natural e não muito artificial, a banda se propõe a fazer músicas atemporais e se sai muito bem. Destaque para a faixa título, Preve de un nuevo amacener, Esclavizados, Hoy tu ciudad es mi hogar e Dejadnos vivir en paz. Apesar de não ser uma banda nova, grata surpresa!

http://www.calibrezerorock.com/
https://www.facebook.com/CalibreZero

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Calibre Zero"

News.com.auNews.com.au
Guns, Floyd, Lynyrd e Van Halen são os melhores solos?

Cultura inútilCultura inútil
Em quantas músicas Coverdale utilizou a palavra "love"

NoisecreepNoisecreep
Os 10 clipes mais assustadores do Heavy Metal

5000 acessosMegadeth: as 10 maiores tretas de Dave Mustaine5000 acessosGastão Moreira: A coleção do VJ, apresentador e jornalista musical5000 acessosSeparados no nascimento: Dave Mustaine e Mika Hakkinen5000 acessosIron Maiden: The Number Of The Beast na Rolling Stone em 19824194 acessosRush: as dez canções mais subestimadas da banda5000 acessosIron Maiden: noiva toca versão emocionante de música durante casamento

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online