Unearthly: Mais um álbum digno de aplausos

Resenha - Unearthly - Unearthly

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Bruno Faustino de Oliveira Torres
Enviar Correções  

9


Após lançamento do aclamado álbum "Flagellum Dei" e da bem sucedida turnê europeia coroada com o lanamendo do DVD "Baptizing The East in Blood", a banda carioca UNEARTHLY, lançou recentemente seu mais novo álbum de estúdio que intitula-se "THE UNEARTHLY".

Começando a audição de "The Unearthly" nota-se a consistência e evolução do grupo que ressurge novamente com um excelente registro, capturando a essência de "The Age of Chaos" mesclada com o antecessor "Flagellum Dei".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Abrindo o ábum temos a faixa "The Sin Offering", que logo de cara mostra o direcionamento e posicionamento do grupo, uma faixa com todos os elementos que o Death Metal tem de excelência.
Em sequência a faixa "The Confidence of Faith", que desde o primeiro segundo já se mostra brutal e agressiva, com destaque para a cadência impecável.

Seguindo temos a faixa "Eshu" que é a primeira faixa lançada em língua pátria, uma lembrança ao Eshu (entidade de religiões afro-brasileiras), que mostra uma das inovações deste novo lançamento.
A quarta faixa, a que auto intitula o disco, é sem dúvida um dos grandes destaques, mostrando o sentido do que Unearthly representa, uma cacetada, mostrando que não há limites para a evolução e técnica do quarteto.

Continuando a audição, temos destaque para as faixas "Agens Mortis", "Where The Sky Bleeds in Red", "From Womb to Reborn" e "Aisle to Everlasting", faixas que coroam o mais novo registro, e mostram a grande fase em que a banda se encontra, não esquecendo de destacar a excelente integração entre os membros, que conseguiram trazer o Unearthly a mais um álbum digno de aplausos e que não perde em nada para as bandas estrangeiras.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Formação : Eregion - vocal/guitarra
M. Mictian - baixo/vocal de apoio
Vinnie Tyr - guitarra
B. Drumond - bateria


Outras resenhas de Unearthly - Unearthly

Unearthly: Ápice dos reis do Black/Death Nacional

Unearthly: Mais um discaço dos cariocas




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Death Metal: mais cinco álbuns nacionais que você deve escutarDeath Metal
Mais cinco álbuns nacionais que você deve escutar

Metal Nacional: Confira bandas que se destacaram em 2015Metal Nacional
Confira bandas que se destacaram em 2015


Nuno Bettencourt: Rihanna canta muito, mas ele não quer mais tocar com elaNuno Bettencourt
Rihanna canta muito, mas ele não quer mais tocar com ela

Spin: os 40 melhores nomes de bandas de todos os temposSpin
Os 40 melhores nomes de bandas de todos os tempos


Sobre Bruno Faustino de Oliveira Torres

Idealizador e chefe do grupo e página Musikkaos e Brazilian Metal Br, estudante de engenharia civil na FATEC/SP, eterno fã de rock e metal assim como colecionador de CDs, LPs e DVDs, tenho gosto musical amplo, desde clássicos como Elvis e Hendrix, até Black Metal e Grindcore.

Mais matérias de Bruno Faustino de Oliveira Torres no Whiplash.Net.

Goo336 Goo728 Cli336