Symphony Draconis: Black metal cru, ríspido e sem concessões

Resenha - Supreme Art of Renunciation - Symphony Draconis

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar Correções  

8


Banda porto-alegrense formada em 2006, o SYMPHONY DRACONIS é um dos grandes representantes do Black Metal do sul do Brasil. Com uma sonoridade bem direta, crua e sem concessões, a banda acaba de lançar seu debut, que já a coloca na vanguarda do estilo em nosso país.

Com forte influência da cena norueguesa dos anos 90, a banda consegue se sobressair com linhas instrumentais muito bem elaboradas, sem deixar a agressividade de lado em nenhum momento, e vocais agonizantes e soturnos e sofridos de arrepiar, remetendo a nomes como GORGOROTH, DISSECTION, VADER e MARDUK.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com uma produção sonora crua e suja, mas que não compromete, o disco flui com muita naturalidade, agradando o ouvinte com facilidade, mesmo diante de tanta brutalidade durante todo seu interregno. Algumas faixas, como "Eris Aeon" e "Seeds of Evil", são um pouco mais climáticas e arrastadas, com climas pesados e carregados.

Todavia, no geral, as faixas são bem velozes e brutais, repletas de blast beats e muita insanidade, como em "Demoniac bu a Divine Power", "Ain Soph Aur" e "Crushing the Concepts", que levam o ouvinte a uma verdadeira viagem pelo lado mais brutal da música pesada.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Outro ponto de destaque fica para a belíssima arte gráfica do material, feita pelo brilhante Marcelo Vasco, e que demonstra ainda mais todo o profissionalismo da banda.

Um ótimo trabalho, altamente indicado para os amantes do lado mais extremo da música pesada!

Symphony Draconis - Supreme Art of Renunciation
(Eternal Hatred Records/Corvo Record/Misanthropic Records - 2013 – Nacional)

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Tracklist:

Tracklist:

01. Transcending the Ways of Slavery
02. Eris Aeon
03. Demoniac by a Divine Power
04. Supreme Art of Renunciation
05. Ain Soph Aur
06. The Visions and Mysteries of the Great Ones
07. Crushing the Concepts
08. Itzpapalotl
09. Seeds of Evil

Formação:

Nechard - Vocais
Aym - Guitarras
Thiernox - Guitarras
Follmer - Baixista
Helles Vogel - Bateria


Outras resenhas de Supreme Art of Renunciation - Symphony Draconis

Symphony Draconis: Memorável disco de Black Metal brasileiro

Symphony Draconis: "Supreme Art of Renunciation" é genial




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Metal Brazuca: algumas bandas que você precisa conhecerMetal Brazuca
Algumas bandas que você precisa conhecer


Iron Maiden: Fã em cadeira de rodas emociona Bruce em Belo HorizonteIron Maiden
Fã em cadeira de rodas emociona Bruce em Belo Horizonte

Metal Hammer: dez capas que provocam ânsia de vômitoMetal Hammer
Dez capas que provocam ânsia de vômito


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

Goo728 Goo336 Cli336