Front Attack Line: Bônus tira o brilho do protagonista

Resenha - Conflicts Of War - Front Attack Line

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar Correções  

publicidade

7


O segundo EP da banda Front Line Attack chama atenção por um fato inusitado, mas vamos deixar isso para o final da resenha. Fazendo um Thrash Metal extremamente agressivo, a banda se utiliza de temas típicos do estilo (política, caos, guerra, violência, etc...) e não economiza na agressividade.

"Conflicts Of War" traz uma rifferama desgraçada e um baixo estremecedor que pode deixar qualquer um tonto. A bateria possui pegada e arrisca até uns ‘blast beats’. Solos bem encaixados dão um pouco de melodia às composições e o vocalista e guitarrista Allan Farias impõe um vocal todo nervoso à frente das músicas, sendo que ele se perde levemente em algumas linhas, principalmente na faixa cantada em português Vacilão.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O fato é: "Conflicts Of War" é um bom trabalho, bem produzido e executado. Mas aí vem o bônus do trabalho que é o primeiro EP "Mass Destruction". E é exatamente este trabalho mais agressivo, mais pesado e com melhores músicas que tira o brilho do protagonista do disco.

Mesmo com a produção evidentemente mais suja e inferior, as faixas do primeiro EP mostram uma banda muito mais enérgica e empolgante, porém menos técnica. A faixa título (do primeiro EP) e o cover de Progress Of Decadence, do Overdose, são músicas excepcionais. Se a banda regrediu eu não sei, mas que o primeiro EP é melhor, isso é.

https://www.facebook.com/pages/Front-Attack-Line/35160909155...
https://myspace.com/frontattackline

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Punk Rock: seja feio, beba muito, e nunca penteie o cabeloPunk Rock
Seja feio, beba muito, e nunca penteie o cabelo

Metallica: Veja como fica seu nome com o formato do logo da bandaMetallica
Veja como fica seu nome com o formato do logo da banda


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Goo336 Goo336 Cli336