Septekh: Direto e agressivo em seu terceiro EP

Resenha - Apollonian Eyes - Septekh

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Nils Meseke (vocal), David Wikström (guitarra), Patrik Ström (baixo) e David Wikström (bateria) não querem saber muito de burocracia ou ‘mirabolância’. Por isso investem em um som direto, agressivo e extremo neste terceiro EP do Septekh, que ainda não lançou um álbum oficial.
5000 acessosSeparados no nascimento: James Hetfield e o Leão Valente5000 acessosHistória do rock: Sexo bizarro, drogas, mortes e outros boatos

São quatro composições direcionadas ao Death/Thrash Metal, mas com grande influência das raízes Black. Uma boa referência seria os finlandeses do Impaled Nazarene, mas o Septekh possui poucas influências do Punk/Hardcore.

Com uma produção orgânica que chega a causar nostalgia, a banda destila músicas diretas e com uma veia totalmente ‘from hell’. Isso se mostra em Apollonian Eyes, Burn It to The Ground e Cursing The Skies. Já Vlad Tepes mostra o lado mais versátil da banda e um som mais variado que fecha o disco de forma magistral.

Produzido e mixado por Eric Forsberg, no Midtown Music, na Suécia, “Apollonian Eyes” é mais do que uma prova de que o Septekh já merece um debut. Os fãs de Metal extremo das antigas irão agradecer.

http://www.septekh.com/
http://www.facebook.com/septekh

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Septekh"

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
James Hetfield e o Leão Valente

CuriosidadesCuriosidades
Sexo bizarro, drogas, mortes e outros boatos

EpicaEpica
Veja fotos da irmã mais nova de Simone Simons

5000 acessosSlayer: Kerry King explica como se deve balançar a cabeça5000 acessosKirk Hammett: "Mustaine toca rápido e eu, melódico"5000 acessosMegadeth: Electra mostra para Kiko como está fera no Português5000 acessosMarcos Kleine: Honrado em fazer parte do Ultraje a Rigor5000 acessosNirvana: a mãe de Kurt ficou furiosa ao ver o documentário3724 acessosJingle true: "Ooolha o Léééééééó ha ha ha ha ha ha ha ha!"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online