Broken Fate: Thrash Metal nos moldes atuais

Resenha - Rise To The Dream - Broken Fate

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Com a porrada de bandas que aderiram o retro-Thrash, ou seja, o surgimento maciço de grupos influenciados pelo Thrash Metal da decada de 80, a coisa se tornou um tanto quanto mesmice. Não que não tenha sido uma boa, mas muitas bandas se parecem entre si, pelo menos na opinião desse que vos escreve.
5000 acessosSeparados no nascimento: Lady Gaga e Eddie5000 acessosOs Headbangers não praticantes

Por isso, é interessante ouvir bandas como estes suíços do Broken Fate. Afinal, os caras investem no referido estilo, porém na sua forma evolutiva, ou seja, nada datado ou cheio de clichês. O quarteto de Zurique possui influências oitentistas, mas consegue soar atual devido à técnica e melodia impostas na medida certa.

Ao mesmo tempo, a banda consegue não soar tendenciosa. Isso se deve talvez a leve pitada de Metal tradicional, além da pegada ‘rocker’ que as composições possuem. Outro fator preponderante na sonoridade da banda é que investem em uma boa variação de ritmo, não apostando na velocidade a todo o momento.

As faixas possuem um bom equilíbrio entre si impedindo que alguma se destaque mais que as outras. Melhor falar do belo trabalho das guitarras que aliam peso e técnica, da bateria com pegada e do baixo pulsante. Um bom EP que encaminha bem a banda para o seu debut.

http://www.broken-fate.ch/
https://www.facebook.com/brokenfate6

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Broken Fate"

SsemelhançaSsemelhança
Separados no nascimento: Lady Gaga e Eddie

OpiniãoOpinião
Headbangers não praticantes: radicalismo no Metal

Chris CornellChris Cornell
Relatório policial descreve últimas horas e morte

5000 acessosSupernatural: ouça 10 músicas que marcaram a série5000 acessosGuitarras: as 15 músicas mais complicadas para tocar5000 acessosRestart: Trecho de "Enter Sandman" do Metallica no VMB 20105000 acessosBabymetal: O "kawaii metal" que conquistou o planeta5000 acessosJon Bon Jovi: quando ele levou um fora de Bruna Lombardi5000 acessosBruce Dickinson: sua carreira como esgrimista profissional

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online