David Bowie: O Camaleão está mais vivo do que nunca

Resenha - Next Day - David Bowie

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Leandro Fernandes
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 10

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Devido a problemas de saúde, "Sir Camaleão" deu uma sumida por 10 anos, tendo como Reality (que por sinal é muito bom) sendo seu último lançamento de estúdio, Bowie nos surge com esse maravilhoso disco chamado The Next Day.

David Bowie: Cinco CDs só de material dos anos 1968 e 1969Galeria - Tatuagens em homenagem a artistas e bandas - Parte 1

Os fãs foram pegos de surpresa quando se deu a notícia que David Bowie surgira com um novo disco. Quem duvidava de que ele tinha carta na manga, aí está a prova de um belo disco. The Next Day se inicia com a faixa título, rendendo polêmicas pelo vídeo bastante interessante, é uma música que mostra realmente que quem tem talento, não desaprende. Dirty Boys parece "algo esquecido" dos discos Tin Machine I e II. The Stars é tanto quanto marcante e melancólica ao mesmo tempo, incita-nos a mexer o ombro. Love is Lost, vem sombria com uma execução de teclado perfeita no início, a voz de David permanece a mesma e sempre com o estilo "setentista".

Where Are We Now dá uma tranquilizada no disco, levando a uma viagem até o "Labirinto". Valentine's Day entra continua com um clima imposto pela anterior, que também rendeu a um vídeo bastante interessante. If You Can See Me, I'd Rather Be High e Boss of Me, dão um som bastante progressivo ao disco, bem ao estilo de David. Dancing Out In Space, é mais uma que realmente prova que tanto quanto o cantor e seus músicos estão em perfeita sintonia, sendo a melhor do disco. How Does the Grass Grow tem uma bela levada folk com um baixo trabalhando sem parar (e muito bem trabalhado).

Sendo a mais rock and roll do disco (You Will) Set the World On Fire entra com um belo riff e com peso. A belíssima You Feel So Lonely You Could Die levada com um som mais "acústico" deixa uma certa calmaria no ar, mostrando que a logo em seguida Heat continua aquilo que Bowie nunca irá parar de fazer, boa música. O Camaleão está mais vivo do que nunca e com certeza tem mais coelho pra sair da cartola.


Outras resenhas de Next Day - David Bowie

nullnullnullnullnullnull




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "David Bowie"


David Bowie: Cinco CDs só de material dos anos 1968 e 1969David Bowie: divulgada primeira imagem de ator que faz o músico em filme

Tarantino: diretor faz playlist com melhores músicas de seus filmesTarantino
Diretor faz playlist com melhores músicas de seus filmes

David Bowie: "Space Oddity" ganha novo vídeo para comemorar 50 anos

David Bowie: A última conta de twitter que ele seguiu foi DeusDavid Bowie
A última conta de twitter que ele seguiu foi "Deus"

Anos 80: canções internacionais com nomes de garotas - IAnos 80
Canções internacionais com nomes de garotas - I

Rate Your Music: os melhores discos de todos os temposRate Your Music
Os melhores discos de todos os tempos


Galeria - Tatuagens em homenagem a artistas e bandas - Parte 1Galeria - Tatuagens em homenagem a artistas e bandas - Parte 1
Galeria - Tatuagens em homenagem a artistas e bandas - Parte 1

Bob Daisley: baixista dá detalhes de sua briga com OsbourneBob Daisley
Baixista dá detalhes de sua briga com Osbourne

Motörhead: Amy Lee no colo de Lemmy KilmisterMotörhead
Amy Lee no colo de Lemmy Kilmister

Alice in Chains: mensagem subliminar na capa de "The Devil Put Dinosaurs Here"Namore um cara que goste de MetalMuito antes do Led Zeppelin: A origem da guitarra gêmeaSexta-Feira 13: filmes de terror e suas trilhas malditas

Sobre Leandro Fernandes

Conheci o rock em 1992, tendo o primeiro disco do Iron Maiden. Com o passar dos anos me apeguei ao rock progressivo e tenho bandas como Pink Floyd, Jethro Tull, Rush e Uriah Heep sendo as favoritas. Profissional da área de T.I, casado e uma filha. Sempre buscando conhecimento no rock/metal em geral.

Mais matérias de Leandro Fernandes no Whiplash.Net.

adGooILQ