Deep Purple: Um de seus melhores registros ao vivo

Resenha - Live Paris 1975 - Deep Purple

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Junior Frascá
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Cinco meses após o lançamento do ótimo “Stormbringer”, o DEEP PURPLE passava por um período de extrema instabilidade, em especial devido ao fato de seu membro principal, o guitarrista Ritchie Blackmore, estar insatisfeito com os caminhos musicais que a banda vinha seguindo. E, em 7 de abril de 1975, no Palais des Sports, em Paris, França, a banda fez o último show da tour europeia de divulgação do álbum, e que também marcou a saída de Ritchie, para montar o RAINBOW, como Ronnie James Dio.
794 acessosBanda dos sonhos: qual seria a sua?5000 acessosContra-baixo: as melhores introduções do Heavy Metal

E, após ser lançado em 2001, o álbum ao vivo, até então raro, retorna às prateleiras, como uma nova mixagem e remasterização digital, realizadas em 2012. E acaba de ganhar uma belíssima versão nacional, em paper sleeve, graças a mais um excelente trabalho da Hellion Records.

Sobre a nova sonoridade do material, está impecável, mesmo diante da longevidade da gravação do áudio original.

Além de Ritchie, essa fase da banda contava com David Coverdale, Glenn Hughes, Ian Paice, e o saudoso Jon Lord, que estavam afiadíssimos, trazendo aos fãs uma performance avassaladora e cheia de energia. Assim, sem dúvida, temos aqui um dos grandes registros ao vivo do PURPLE.

Como não poderia deixar de ser, a maioria das faixas é do álbum “Stormbringer”, que estava sendo divulgado, mas a banda ainda encontrou espaço para clássicos como “Burn”, “Smoke on the Water” e “Highway Star”, além do cover de “Going Down”, de Don Nix.

No disco dois, ainda há uma entrevista com Coverdale, Hughes e Paice, na qual contam um pouco sobre fatos da banda na época, bem como como surgiram algumas das faixas como “Burn” e “Stormbringer”.

O ponto negativo fica para alguns excessos na alguns excessos em partes instrumentais, deixando as faixas muito longas desnecessariamente, mas que servem, na maioria das vezes, para comprovar o quão entrosados os músicos estavam.

Sem dúvida um item que não pode faltar em sua coleção.

Live Paris 1975 – Deep Purple
(2013 – Hellion Records - Nacional)

Banda:

David Coverdale – Vocal
Ritchie Blackmore – Guitarra
Glenn Hughes – Baixo
Jon Lord – Orgão, teclados e sintetizador
Ian Paice – Bateria

Tracklist:

CD 1

Burn (Coverdale, Blackmore, Lord, Paice) – 9:46
Stormbringer (Coverdale, Blackmore) – 5:12
The Gypsy (Coverdale, Blackmore, Hughes, Lord, Paice) – 6:11
Lady Double Dealer (Coverdale, Blackmore) – 4:35
Mistreated (Coverdale, Blackmore) – 12:49
Smoke on the Water (Blackmore, Gillan, Glover, Lord, Paice) – 11:10
You Fool No One (Coverdale, Blackmore, Lord, Paice) – 19:30

CD 2

Space Truckin’ (Gillan, Blackmore, Glover, Lord, Paice) – 21:21
Going Down (Don Nix) – 5:19
Highway Star (Gillan, Blackmore, Glover, Lord, Paice) – 11:33

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

MetallicaMetallica
Lars Ulrich e suas influências na bateria

794 acessosBanda dos sonhos: qual seria a sua?445 acessosLoudwire: em vídeo, 10 maiores riffs de metal dos anos setenta699 acessosDeep Purple: a história de "Smoke On The Water"0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Deep Purple"

Dream TheaterDream Theater
10 dos melhores covers tocados pela banda

Deep PurpleDeep Purple
20 curiosidades/fatos do clássico "Machine Head"

CoverdaleCoverdale
"Eu não queria participar do declínio do Purple!"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Deep Purple"

Contra-baixoContra-baixo
As melhores introduções do Heavy Metal

Black SabbathBlack Sabbath
Mais uma do Tony Iommi pra cima do pobre Bill Ward

SlipknotSlipknot
Ana Maria Braga surpreende em abertura do Mais Você

5000 acessosMegadeth: fã tem siricutico ao encontrar Mustaine; veja vídeo5000 acessosThin Lizzy, Metallica: A história de "Whiskey in the Jar"5000 acessosNo alto do castelo há uma linda princesa...5000 acessosMotörhead: "sem eles não existiria Metallica ou Guns"5000 acessosLinkin Park: participante do The Voice Brasil emociona com "In The End"5000 acessosSom Alto?: também gosta de maconha e sexo sem proteção?

Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online