RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemRoger Waters se defende, mas David Gilmour fica do lado da esposa e confirma tudo

imagemMegadeth é processado por artista que criou capa do último disco da banda

imagemEm 1974, Raul Seixas explicava detalhes dos significados por trás da letra de “Gita”

imagemA opinião de Humberto Gessinger sobre movimentos separatistas da região Sul do Brasil

imagemBruce Dickinson explica como cuida de sua voz

imagemQuando Roberto Carlos foi alfinetado por Raul Seixas, mas o Rei gostou do que ouviu

imagemMegadeth vai transmitir show que será realizado no Japão

imagemPróximo álbum do Metallica será lançado em fitinha que custa mais de 80 reais

imagemDavid Gilmour largou vício maléfico após ouvir erro em disco do Pink Floyd

imagemO recado de Felipe Andreoli para fãs que esperam novo "Rebirth" ou "Temple of Shadows"

imagemVocalista do Stryper afirma que Metallica é a banda de metal que ele menos gosta

imagemKiko Loureiro volta no tempo e posta trecho de "Carry On" ao vivo

imagemAndreas Kisser tira uma com o Flamengo após derrota; "Tri mundial só um"

imagemDave Mustaine diz que atual formação do Megadeth é mais bem-sucedida em anos

imagemComo Brian May acabou fazendo participação especial em disco dos Paralamas do Sucesso?


Def Leppard Motley Crue 2

Trivium: Metalcore feito na medida certa

Resenha - Vengeance Falls - Trivium

Por André Prado
Postado em 19 de outubro de 2013

Ultimamente é tarefa para poucas bandas ter uma discografia respeitável, predominantemente feita de discos em que você pode gostar um pouco menos em detrimento a outro, porém, é de acordo que qualquer disco de tal banda é acima da média. Depois de escutar "Vengeance Falls" já posso dizer que o Trivium é uma dessas bandas.

Formada em 2000, o Trivium formado por Matt Heafy (V), Corey Beaulieu (G), Nick Augusto (B) e Paolo Gregoletto (Bx) já está na estrada a 13 anos, o que é "pouco" tempo se tratando dos dinossauros que vemos por aí, mas anos de franca evolução. O petardo que se escuta em "Vengeance Falls" não é brincadeira.

Apesar das influências de Thrash Metal e até de Death Metal, a essência do Trivium é o heavy metal, e aqui a banda executa isso com perfeição. Todas as faixas do disco apresentam refrões bem construidos e riffs matadores, mas dou destaques para a pesada, thrash e energética "Brave This Storm", a faixa-título "Vengeance Falls", a mais rápida e de ótimo refrão "No Way To Heal", a "Incineration: The Broken Wings" que conta com um riff excelente e empolgante, e a faixa bônus na versão limitada "As I Am Exploding" que é absolutamente o tipo das faixas que te fazem pagar mais caro na edição limitada - isso claro se você for aficionado por CD's.

Saca aqueles momentos em que a música para e você grita "hey!" quando o vocalista te convoca a levantar os braços? Sabe quando você sai cantarolando a música sem perceber? O Trivium sabe dar essa sensação. Esses momentos não se trocam.

O Trivium (ao lado de um Mastodon, Lamb of God e Machine Head) chegou em um nível de maturidade em que é difícil ter um álbum em que se diga que a banda pisou na bola. Desde "Ascendancy" de 2006, o Trivium só vem crescendo. Vieram "The Crusade", Shogun", "In Waves", "Vengeance Falls", e viu-se retratos de uma banda que nunca se acomodou em cima do seu som. "Vengeance Falls" fica melhor a cada vez que se escuta. Assim como o mais agressivo "In Waves" é preciso apreciar mais de uma vez para ter uma opinião formada mais exata - apesar que o dito cujo é direcionado a um público maior que o já citado antecessor.

Com uma pegada diferente do ótimo "In Waves", e com solos mais contidos que seu antecessor, "Vengeance Falls" é inspirado no álbum mais heavy da banda, "The Crusade", e apresenta poucos vocais guturais. Algo criticável para a maioria dos fãs da banda, mas algo que é muito elogiável da minha parte. Porquê? Matt Heafy aqui soube dosar sua voz na medida certa e reafirma o fato de ser um dos melhores vocalistas da atualidade. É certo também afirmar que "Vengeance Falls" não chega ao nível de criatividade de um "Shogun" ou do próprio "In Waves", mas mesmo assim se credenciou como um dos melhores petardos do ano. É um metalcore feito na medida certa: pesado, direto, e melodioso sem perder a agressividade.

Se você é um bicho do mato e ainda não conhece a banda, esse é o momento!

Tracklist:

1."Brave This Storm" 4:29
2."Vengeance Falls" 4:13
3."Strife" 4:30
4."No Way to Heal" 4:05
5."To Believe" 4:32
6."At the End of This War" 4:47
7."Through Blood and Dirt and Bone" 4:26
8."Villainy Thrives" 4:54
9."Incineration: The Broken World" 5:52
10."Wake (The End is Nigh)" 6:00

Deluxe edition:

11."No Hope For the Human Race" 3:59
12."As I Am Exploding" 5:51
13."Skulls...We Are 138 (Misfits cover)" 3:31


Outras resenhas de Vengeance Falls - Trivium

Resenha - Vengeance Falls - Trivium

Resenha - Vengeance Falls - Trivium

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp

Trivium: as 20 melhores músicas da banda, segundo a Kerrang

Trivium: Angra entre álbuns preferidos do vocalista


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal