Chimaira: Se tornando mais do mesmo

Resenha - Crown of Phantoms - Chimaira

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Aloysio França, Fonte: Megalomania Metal
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 7

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Dentre as bandas de Heavy Metal surgidas nas décadas de 1990 e 2000, existem algumas que realmente trouxeram algo novo para o cenário Metal. Chegaram com uma nova linha de raciocínio de composição, de modo que as influências de Death, Thrash e Heavy Metal entranhados em muito Groove formaram um amálgama que constitui o chamado New Wave of American Heavy Metal (NWOAHM), onde o CHIMAIRA se enquadra muito bem.
5000 acessosLos Angeles: fotos de roqueiros célebres em situações cotidianas5000 acessosIron Maiden: uma releitura de "The Trooper" pelo Cine

Quando lançou seu primeiro álbum, “Pass Out of Existence”, o CHIMAIRA se destacou de tudo o que existia até então. O vocal chamou atenção por seu timbre diferenciado e o instrumental era incrivelmente pesado, arrastado, porém coeso. Soava como se estivesse um passo a frente de tudo o que estava surgindo neste novo nicho, e eu cheguei a acreditar que em breve estariam face a face com as grandes bandas, no mainstream. Mas não foi bem assim.

Analisando sua trajetória, desde o primeiro álbum até o novo “Crown of Phantoms“, lançado em julho deste ano, nota-se que não houve uma tentativa de renovação, ainda que acanhada. Pode-se dizer que houve uma evolução técnica, ou seja, estão tocando melhor e gravando em estúdios melhores, mas não dá mais pra dizer que se destacam. Não os considero mais um passo a frente, ainda que tenha sido sempre uma banda excelente. Talvez minhas expectativas estivessem muito acima do sensato, mas hoje eu vejo o CHIMAIRA apenas como mais uma boa banda sem nada de novo pra oferecer.

“Crown of Phantoms” começa de forma trivial com a música “The Machine” e traz riffs aparentemente reciclados de seus antigos álbuns. Apesar de contar com um bom refrão, não se sobressai no CD. Os destaques ficam para “I Despise” e seu ritmo quebrado, “Love Soaked Death” que é bem diversificada, cheia de altos e baixos e boas melodias, e “Plastic Wonderland” que é a melhor deste álbum, com seu riff dramático que inspira a violência.

Não é um álbum ruim, nem de longe, mas é simplesmente mais do mesmo e eu acredito que eles têm condições de se reinventar e fazer melhor do que isso. E caso não façam, ainda vão acabar se perdendo no meio da chuva de bandas genéricas que existe hoje em dia.

“Crown of Phantoms” foi lançado pelo selo E1 Music em 13 de Julho de 2013.

Track-list:
1. The Machine
2. No Mercy
3. All That's Left Is Blood
4. I Despise
5. Plastic Wonderland
6. The Transmigration
7. Crown of Phantoms
8. Spineless
9. Kings of the Shadow World
10. Wrapped in Violence
11. Love Soaked Death

Veja mais em:
http://www.megalomania-metal.com.br

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Chimaira"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Chimaira"

Los AngelesLos Angeles
Fotos de roqueiros célebres em situações cotidianas

Iron MaidenIron Maiden
Uma releitura de "The Trooper" pelo Cine

OutOut
Os 100 álbuns mais gays segundo a revista

5000 acessosHerói: Astros da música transformados em heróis de HQ5000 acessosMortes: as mais estranhas do mundo do Rock5000 acessosThrash Metal: 10 novas promessas - incluindo uma brasileira5000 acessosAerosmith: Tudo que esconderam de você - Parte I5000 acessosJoão Gordo: culpado pelo show horrível do Nirvana no Brasil5000 acessosSlipknot: Corey Taylor explica o motivo de terem nove integrantes

Sobre Aloysio França

Nascido em 1980, ex-guitarrista e vocalista de Thrash Metal, atual artista gráfico e podcaster no site Megalomania-Metal. É também um leitor orgulhoso de Tolkien e Cornwell. Não discrimina gêneros, mas sim música boa de música ruim.

Mais matérias de Aloysio França no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online