Fatal Impact: Power Metal direto da terra do Black Metal

Resenha - Esoteria - Fatal Impact

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar Correções  

publicidade

8


Apesar de estar a quase vinte anos na ativa, este é apenas o segundo trabalho oficial desse quarteto norueguês. Atualmente o grupo só conta com o guitarrista Per Anders Olsen da formação original, que também é seu líder e mentor. Completam o time Jørn Øyhus (vocal/guitarra) e Sondre Svendsen (bateria), enquanto o baixo foi gravado pelo músico convidado Freddy.

Apesar de ter vindo da terra do Black Metal, a sonoridade do grupo não tem nada a ver com o Metal negro. Aliás, está muito distante disso, já que o som praticado aqui é um Heavy/Power Metal muito bem executado com um leve toque de Prog Metal.

publicidade

Mais cru e direto que o habitual, as composições aqui contidas não fogem à risca que o estilo pede em termos estruturais. Temos variação rítmica e algumas quebradas, mas os clichês do estilo como bases rápidas, bateria com bumbo duplo e vocais agudos estão presentes, porém de forma bem encaixada e sem nenhum exagero.

É interessante notar a versatilidade de Øyhus nos vocais, já que o cara possui um timbre interessante, apesar de comum ao gênero. Destaque para faixas como A New Era, The Arrival e a belíssima balada Verity Of Splendor. Um disco que não foge do comum, mas não decepciona.

http://www.facebook.com/FatalImpactOfficial
http://www.reverbnation.com/fatalimpactofficial?page_view_so...

publicidade

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Fotos de Infância: Amy Lee, do Evanescence, muito antes da famaFotos de Infância
Amy Lee, do Evanescence, muito antes da fama

Metal: Mapa revela os países com mais bandas do estiloMetal
Mapa revela os países com mais bandas do estilo


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin