Hevilan: uma das grandes revelações do metal nacional em 2013

Resenha - End of Time - Hevilan

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar Correções  

8


Mais uma grata surpresa vinda do underground paulista, o HEVILAN está na estrada desde 2005, mas só agora conseguiu lançar seu debut. Contudo, a espera valeu a pena, pois percebe-se que tudo aqui foi muito bem pensado, esbanjando profissionalismo e dedicação por parte dos envolvidos, culminando em um dos grandes álbuns nacionais de 2013.

A proposta da banda é mesclar power metal com metal progressivo, de forma bem moderna, pesada e energética, remetendo, em especial, à sonoridade dos americanos do SYMPHONY X, além dos gregos do FIREWIND. O grupo é formada por Alex Pasqualle (vocal), Johnny Moraes (guitarra) e Biek Yohaitus (baixo), e conta com a participação mais do que especial do polvo Aquiles Priester na bateria.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Há ainda que se mencionar a participação de Vitor Rodrigues em "Shades of War", "Desire of Destruction" e "Sanctum Imperium", deixando tudo ainda mais agressivo.

Dentre os destaques do material, cito os riffs do guitarrista Johnny, que impressionam em especial pelo peso descomunal que conferem à todas as faixas do disco; e as ótimas linhas de bateria de Aquiles, que, como em todo material que participa, consegue chamar a atenção, com passagens técnicas técnicas, mas sem deixar de lado a pegada metálica que sempre o caracterizou. As linhas vocais também são ótimas, inclusive no tocante aos coros, muito bem arranjados e executados, como na pesadíssima "Sanctum Imperium", a melhor faixa do disco.

publicidade

A qualidade de gravação é muito boa, tendo deixado tudo bem direto e agressivo, embora o baixo tenha ficado um pouco escondido em alguns momentos, sem tanto destaque, mas nada que comprometa o resultado final do álbum.

A arte gráfica também é excepcional, e o disco ainda vem em uma belíssima versão digipack.

Assim, com "The End of Time" o HEVILAN desponta com uma das grandes revelações do cenário metálico nacional em 2013, tendo tudo para se tornar referência no estilo em um futuro muito próximo, inclusive internacionalmente. Altamente recomendado.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

The End of Time - Hevilan
(2013 – Independente - Nacional)

Formação:
Alex Pasqualle - Vocais
Johnny Moraes - Guitarras
Biek Yohaitus - Baixo
Aquiles Priester - Bateria (convidado)

Tracklist:
01. Regenesis
02. Shades of War
03. Minus Is Call
04. End of Time
05. Desire of Destruction
06. Sanctum Imperium
07. Dark Throne of Babylon
08. Son of Messiah
09. Loneliness
10. Blind Faith 2013

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Outras resenhas de End of Time - Hevilan

Hevilan: O Heavy Metal nacional está muito bem, obrigado!

Hevilan: Aquiles Priester em debut da banda paulistana




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Hevilan: Baixista fala sobre o futuro da banda


Cults: 10 álbuns influentes que fracassaram nas vendasCults
10 álbuns influentes que fracassaram nas vendas

Fotos: confira 10 das mais curiosas no mundo do Rock - Parte 1Fotos
Confira 10 das mais curiosas no mundo do Rock - Parte 1


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

Cli336 WhiFin Cli336 Cli336