Striking Beast: Thrash Metal sem tréguas feito na Polônia

Resenha - Nuclear Genocide - Striking Beast

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar Correções  

publicidade

8


Sem tréguas. É assim que podemos denominar o Thrash Metal feito por essa garotada de Rzeszów, Polônia. Desde a primeira composição Nuclear Genocide até a última faixa Children Of War os caras detonam um som agressivo, rápido e rançoso (no bom sentido, é claro).

Heavy Metal: Os 11 melhores álbuns dos anos 2000 segundo o Loudwire

Filhas de Rockstars: conheça algumas das mais bonitas

Janek "Fajka" Kiersnowski (vocal), Robert "Robi" Fluda (guitarra), Kuba "Gruby albo Buba" Sęp (baixo) e Marek Pękala (bateria) formaram a banda em 2011 e esta é a primeira demo do quarteto. As influências vão de Slayer, Exodus até o Thrash de nomes atuais como Municipal Waste e Violator.

Não há espaços pra outro estilo. Os riffs agressivos com solos rápidos, cozinha veloz e direta nas quatro composições compõem o trabalho. Os vocais de Janek seguem a linha Paul Baloff, porém com um timbre mais grave. As letras abordam os temas típicos, ou seja, guerra, religião, política, e por aí vai.

Gravado no estúdio Kola, em Sanok, a produção é outro fator positivo que deixou todos os instrumentos audíveis com uma leve sobreposição da guitarra. Mais uma boa banda de Thrash Metal em meio a avalanche de bandas do estilo que tem surgido nos últimos tempos.

http://www.facebook.com/StrikingBeast

Download:
https://hotfile.com/dl/194559788/9a0e841/Striking_Beast_-_Nu...




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Heavy Metal: Os 11 melhores álbuns dos anos 2000 segundo o LoudwireHeavy Metal
Os 11 melhores álbuns dos anos 2000 segundo o Loudwire

Filhas de Rockstars: conheça algumas das mais bonitasFilhas de Rockstars
Conheça algumas das mais bonitas


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin