Matérias Mais Lidas

Angra: Ex-integrantes foram convidados para turnê dos 20 anos de RebirthAngra
Ex-integrantes foram convidados para turnê dos 20 anos de "Rebirth"

AC/DC: Cliff Williams explica por que faz linhas de baixo tão simplesAC/DC
Cliff Williams explica por que faz linhas de baixo tão simples

Ian Paice: Ritchie Blackmore apresentou pra ele o maior guitarrista de todos os temposIan Paice
Ritchie Blackmore apresentou pra ele o maior guitarrista de todos os tempos

Guns N' Roses: por que Izzy Stradlin saiu da banda, segundo Gilby ClarkeGuns N' Roses
Por que Izzy Stradlin saiu da banda, segundo Gilby Clarke

Vocalistas: 12 velhinhos que ainda mandam muito bem ao vivoVocalistas
12 "velhinhos" que ainda mandam muito bem ao vivo

Loudwire: O melhor álbum de thrash metal de cada ano desde 1983Loudwire
O melhor álbum de thrash metal de cada ano desde 1983

Steve Hackett: ele diz que compositor do século 19 inventou o heavy metalSteve Hackett
Ele diz que compositor do século 19 inventou o heavy metal

Nervosa: Entrar para a banda foi a realização de um sonho, diz Diva SatanicaNervosa
"Entrar para a banda foi a realização de um sonho", diz Diva Satanica

Johnny Depp: a banda que poderia ter desbancado o GunsJohnny Depp
A banda que poderia ter desbancado o Guns

Mike Terrana: Malmsteen foi uma das piores pessoas que conheci!Mike Terrana
"Malmsteen foi uma das piores pessoas que conheci!"

Guns N' Roses: Axl entendia que as coisas mudaram, mas Slash tinha virado um personagemGuns N' Roses
Axl entendia que as coisas mudaram, mas Slash tinha virado um personagem

uDiscover Music: Os 30 maiores cantores de rock progressivouDiscover Music
Os 30 maiores cantores de rock progressivo

Doug Aldrich: explicando as diferenças entre Dio, David Coverdale e Glenn HughesDoug Aldrich
Explicando as diferenças entre Dio, David Coverdale e Glenn Hughes

AC/DC: monge budista grava cover inusitado de Thunderstruck, com direito a meditaçãoAC/DC
Monge budista grava cover inusitado de "Thunderstruck", com direito a meditação

Eloy Casagrande: baterista quebra tudo tocando The Heretic Anthem, do SlipknotEloy Casagrande
Baterista quebra tudo tocando The Heretic Anthem, do Slipknot


Matérias Recomendadas

Fãs de Rock: você conhece o estilo de se vestir de cada umFãs de Rock
Você conhece o estilo de se vestir de cada um

Chris Cornell: a emocionante despedida de Tom MorelloChris Cornell
A emocionante despedida de Tom Morello

Bateristas: os trinta mais ricos do mundoBateristas
Os trinta mais ricos do mundo

Judas Priest: 10 fatos que comprovam que eles são Heavy MetalJudas Priest
10 fatos que comprovam que eles são Heavy Metal

Motörhead: Amy Lee no colo de Lemmy KilmisterMotörhead
Amy Lee no colo de Lemmy Kilmister

Tunecore
Dead Daisies

Violator: Thrash Old School, rápido, direto, cru e agressivo

Resenha - Scenarios of Brutality - Violator

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Júlio Neto
Enviar Correções  

9


Thrash Metal Old School, rápido, direto, cru e agressivo. Este é o primeiro disco da banda gravado no exterior (Alemanha, no estúdio Stage One) e foi produzido por Andy Classen que já trabalhou com bandas do porte de Destruction, Krisiun, Asphyx, Tankard, dentre outras. A capa ficou a cargo de Andrei Bouzikov e a parte gráfica de bem completa e de ótima qualidade.

Ao todo são nove faixas de Thrash Metal sem concessões, inspirados em nomes como Kreator (fase Pleasure to Kill), Slayer, Sepultura (Fase Arise) são 37 minutos de insanidade pura. Destaques para Endeless Tyrammies que é tocada a velocidade da luz e em determinadas passagens me lembrou da faixa Dirty Bitch do também ótimo MX. Colors of Hate com umas quebradas de andamento convidando a banguear. Na verdade, se for citar os destaques, estes serão nove, pois o CD todo é ótimo. Os vocais de Poney rasgasdos estão muito bons e o play conta com backings muito bem encaixados. Na parte musical destacar alguém seria uma injustiça. Vale ressaltar que todas as nove faixas falam de casos reais de "Cenários de Brutalidade" ocorridos aqui no Brasil.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Quando assistimos ao noticiário e vemos as imundícies vindas da política, ficamos descrentes da possibilidade de coisa boa sair de Brasília. O Violator está aí para mostrar que estamos errados, para quem curte Thrash, este é um item indispensável em seu acervo.

Line Up:

Poney – Bass/Vocals
Batera – Drums
Cambito – Guitars
Capaça – Guitars

Faixas:

01 - Echoes of Silence
02 – Endless Tyrannies
03 – Dead to This World
04 – Respect Existence or Expect Resistance
05 – Waiting to Exhale
06 – Death Descends (Upon This World)
07 – Colors of Hate
08 – No Place for The Cross
09 – Unstopable Slaughter

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Kill Again Records – 2013.


Outras resenhas de Scenarios of Brutality - Violator

Violator: Último registro antes da pausa

Violator: o álbum mais evoluído de sua carreira


Stamp
Como consegui viver de Rock e Heavy Metal
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Mad Max: inspirando W.A.S.P., Violator, Biohazard e outrosMad Max
Inspirando W.A.S.P., Violator, Biohazard e outros

Metal Brasileiro: 10 bandas recomendáveis fora o SepulturaMetal Brasileiro
10 bandas recomendáveis fora o Sepultura


Quiet Riot: quebrando disco de banda brasileira em 1985Quiet Riot
Quebrando disco de banda brasileira em 1985

Slash: Alucinações, sexo, dinheiro e armas de fogo no auge do vícioSlash
Alucinações, sexo, dinheiro e armas de fogo no auge do vício


Sobre Júlio Neto

Ligado ao Heavy Metal há mais de 25 anos. Zineiro, produtor de shows underground. Colecionador voraz de CDs, vinil e livros. Fã incondicional do metal nacional, sempre apoiando as bandas e não deixando de adquirir seus materiais. Mora no sul da Bahia e apesar da distância, sempre a par do que acontece no underground.

Mais matérias de Júlio Neto no Whiplash.Net.