Violator: o álbum mais evoluído de sua carreira

Resenha - Scenarios of Brutality - Violator

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar Correções  

9


Com uma carreira muito bem sucedida, tanto no Brasil como no exterior, o VIOLATOR sem dúvida é uma das bandas mais importantes da atual cena brasileira. Portanto, "Scenarios of Brutality" era um dos discos nacionais mais aguardados do ano, e a o quarteto formado por Poney (baixo e voz), Batera (bateria), Cambito (guitarra) e Capaça (Guitarra) não decepciona os fãs, lançando o álbum mais evoluído de sua carreira.

Com uma produção excelente de Andy Classen, no Stage One, Alemanha, o disco tem uma sonoridade matadora e pesadíssima, e bem melhor do que tudo que a banda fez no passado. Além disso, fica claro que os caras procuraram deixar sua sonoridade ainda mais trabalhada e diversificada, e embora traga algumas novidades, não fogem de suas raízes fincadas no thrash metal oitentista.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Os riffs de Capaça e Cambito continuam destruidores, com timbres excelentes, e sendo o grande carro chefe do som da banda. Batera também dá um show à parte no álbum, com passagens técnicas de fazer cair o queixo. Por fim, Poney continua com seus vocais energéticos e únicos, sendo um dos grandes diferenciais do VIOLATOR.

Nessa toada, os caras destilam pedradas como "Echos of Silence", Dead to This World", "Respect Existence or Expect Resistence" e "Unstoppable Slaughter", que já nascem como verdadeiros clássicos do thrash metal nacional.

publicidade

Outro ponto que chama a atenção são as letras, bem mais sérias e ácidas que nos discos anteriores, com forte apelo social e político. Inclusive, o encarte traz breves explicações sobre cada letra, inclusive em português.

Um disco que certamente irá fazer a carreira do VIOLATOR se consagrar ainda mais mundo afora, "Scenarios of Brutality" é uma obra única, que mostra na essência todo o talento destes quatro brasilienses maníacos pelo mais puro thrash metal. Orgulho nacional!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Scenarios of Brutality - Violator
(2013 – Importado)

1. Echoes of Silence
2. Endless Tyrannies
3. Dead to this World
4. Respect Existence or Expect Resistance
5. Waiting to Exhale
6. Death Descends (Upon this World)
7. Colors of Hate
8. No Place for the Cross
9. Unstoppable Slaughter


Outras resenhas de Scenarios of Brutality - Violator

Violator: Último registro antes da pausa

Violator: Thrash Old School, rápido, direto, cru e agressivo




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Metal Brasileiro: 10 bandas recomendáveis fora o SepulturaMetal Brasileiro
10 bandas recomendáveis fora o Sepultura

Mad Max: inspirando W.A.S.P., Violator, Biohazard e outrosMad Max
Inspirando W.A.S.P., Violator, Biohazard e outros


Music Radar: Os maiores frontmen de todos os temposMusic Radar
Os maiores frontmen de todos os tempos

Mini Iron Maiden: tocando Ghost Of The Navigator na escolaMini Iron Maiden
Tocando "Ghost Of The Navigator" na escola


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

CliHo WhiFin Cli336