Chosen: muito mais que um simples Melodic Death Metal

Resenha - Resolution - Chosen

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar Correções  

publicidade

9


Este duo irlandês formado por Paul Shields (vocal/guitarra) e David McCann (bateria/percussão) pode não ser muito conhecido por aqui, mas esse primeiro disco teve dezenas de milhares de downloads em apenas uma semana na Europa. O que encontramos aqui justifica essa boa repercussão por lá.

Oito razões pra dormir com um bateristaMax Cavalera: "Não dou a mínima para o que pensa o pessoal do Korn ou qualquer outro!"

Apesar de carregar o rótulo de Melodic Death Metal, é muito importante exaltar que a banda é muito mais que isso. Aliás, o som dos caras, apesar de possuir algumas características do estilo citado, passa longe de nomes consagrados do gênero, tais como In Flames ou Dark Tranquillity, por exemplo.

As composições aqui contidas mesclam elementos que vão desde o Death Metal, passando pelo Progressivo, Thrash e até Metalcore. O resultado é um som encorpado, moderno e agressivo cheio de variações e passagens intrincadas.

É de ficar boquiaberto com a técnica do baterista e percussionista David McCann. Com viradas insanas e uma pegada brutal, sem dúvidas o cara eleva ainda mais a qualidade do som do Chosen. Os riffs de Paul Shields são bem executados e seu vocal versátil também não fica devendo.

Produzido por Alwyn Walker, no Westland Studios, em Dublin, "Resolution" possui uma sonoridade belíssima o que só colabora com as músicas complexas. Difícil é destacar apenas uma faixa, já que todas são de alto nível. O negócio é ir lá ao site da banda e baixar o trabalho, que ainda está disponível para download gratuito.

http://www.chosen.ie
http://www.facebook.com/Chosenmetal



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Oito razões pra dormir com um bateristaOito razões pra dormir com um baterista

Max Cavalera: Não dou a mínima para o que pensa o pessoal do Korn ou qualquer outro!Max Cavalera
"Não dou a mínima para o que pensa o pessoal do Korn ou qualquer outro!"


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin