Coletânea: Hardcore e Grindecore misturados nessa boa iniciativa

Resenha - Velho #01 - Coletânea

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Christiano K.O.D.A.
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


A Deus Castiga é o carro-chefe do material. Seu Grind espetacular espalha miolos pelo chão. A excelente gravação ajuda no resultado. Vale lembrar, no entanto, que as faixas fazem parte da demo "I'm Alive Fucking Dead" (exceto a faixa "Fortune Cokkie Jedi"), já resenhada pelo blog Som Extremo.

U2: as 10 melhores músicas de todos os tempos da bandaHomossexualidade: 5 nomes da cena rock/metal que assumiram

Logo depois, Fatal Blow traz seu Hardcore literalmente irado e bem feito. Perfeito para um 'mosh' ou um 'stage dive'. A maior parte das três músicas pisam no acelerador, tudo interrompido vez ou outra pelas boas quebras de ritmo, que permitem um "respiro" para aguentar a pancadaria. O final da faixa "Sinking Ship" conta com dois bumbos absurdos, "só" isso. A produção também agrada e passa esse clima raivoso para o ouvinte.

Mais Hardcore, dessa vez da Nine Seconds Agression, escorre pelo autofalante, mas com uma veia melódica e vocais limpos em determinados momentos. Perde um pouco do clima de pancadaria e, além disso, a qualidade do registro deixa a desejar. Isso, sem contar ainda que mesmo os vocais gritados são fracos. Mas tudo bem, são apenas duas músicas. Passa rápido.

A SxMxHx traz de volta a destruição com seu Crossover/Grind/Power Violence abarrotado de fúria e energia. São músicas curtas e, como já é de se esperar, bem diretas. Inferno, sem dó nem piedade.

Depois vem a Gritos trazendo mais demolição. Seu Hardcore tem nítidas influências da escola de Nova Iorque, ou seja, muito 'break down' alternado com velocidade. Banda muito boa no que se propõe e, ao contrário da banda anterior, conta com composições mais longas, acima dos três minutos de duração.

Por fim, a Que Fim Levou Valdir? (sem comentários sobre o nome do conjunto) fecha a coletânea com mais Hardcore, nos moldes parecidos com os da Gritos. Mas a pegada tem mais melodia, ao menos em "Saramago do Gueto". As duas restantes, gravadas em outra sessão de estúdio, são bem mais agressivas (e interessantes).

"Velho #01" conta com grupos de qualidade e dá aos curiosos uma boa oportunidade de conhecer barulhos competentes do underground brasileiro.

Deus Castiga:
http://www.myspace.com/deuscastiga

Fatal Blow:
http://www.myspace.com/fatalblowhardcore

Nine Seconds Agression:
http://www.myspace.com/ninesecondsaggression

SxMxHx:
http://www.myspace.com/seumundohoje

Gritos:
http://www.myspace.com/gritosnet

Que Fim Levou Valdir?:
http://www.myspace.com/quefimlevouvaldir




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Deus Castiga"Todas as matérias sobre "Fatal Blow"Todas as matérias sobre "Que Fim Levou Valdir?"


U2: as 10 melhores músicas de todos os tempos da bandaU2
As 10 melhores músicas de todos os tempos da banda

Homossexualidade: 5 nomes da cena rock/metal que assumiramHomossexualidade
5 nomes da cena rock/metal que assumiram

Keith Richards: colocando Justin Bieber em seu devido lugarKeith Richards
Colocando Justin Bieber em seu devido lugar

AC/DC: as 10 melhores músicas da banda com Bon ScottHeavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1981Queen: primeiro frontman do Smile sentiu ciúmes da banda e de FreddieSeparadas no nascimento: Tarja Turunen e Virgem Maria

Sobre Christiano K.O.D.A.

Um cara diretamente ligado ao Som Extremo, fã de livros e filmes, formado em Imagem e Som, Publicidade e Propaganda e Jornalismo. Faz parte da banda de grindcore Prey of Chaos e tem um blog dedicado à música barulhenta. Enfim, alguém que faz da música sua vida.

Mais matérias de Christiano K.O.D.A. no Whiplash.Net.