Enforcer: nome forte da turma voltada à velha escola

Resenha - Death by Fire - Enforcer

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Marcos Garcia
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


No Metal como um todo, desde a segunda metade da década de 90, duas vertentes bem distintas: bandas mais experimentais e que levam o estilo por novos caminhos, e aquelas que optam por fazer algo mais voltado ao passado. Acreditamos firmemente que há espaço para todos, pois o Metal é democrático, ainda bem. E no segundo segundo grupo acima citado, há bandas que andam causando grande comoção no underground fora e dentro de nosso país, e um nome forte dessa turma voltada à Velha Escola é o ENFORCER, da Suécia, que chega com seu terceiro CD, o ótimo 'Death by Fire'.
5000 acessosMetallica: banda passa dificuldades financeiras, dizem biógrafos5000 acessosSlash: "grunge não teve nada a ver com o fim do Guns"

O grupo é adepto do proto-Power/Speed Metal da primeira metade dos anos 80, com boas doses de elementos da NWOBHM e até toques de Hard Rock, bem forte, com muita adrenalina e pesado, sem perder a melodia e sabendo não soar datado, pois o trabalho do grupo é vibrante e cheio de vida. Vocais em tons normais fortes e bem encaixados, guitarras com riffs sólidos e solos bem tocados e doses homeopáticas de melodia, baixo e bateria que preferem a coesão sonora à técnica individualista desnecessária ao trabalho do quarteto, embora existam momentos brilhantes de ambos. Esta alquimia resulta em um trabalho que, se não é novo ou revolucionário, é cheio de vida, personalidade e capaz da agradar a muitos.

A produção, feita pelas mãos de Olof e Jonas Wikstrand (este ainda fez o processo de mixagem e masterização), ambos membros do quarteto, soube ser limpa e pesada, dando a "vibe" necessária ao trabalho, mas sem deixar nenhuma característica do quarteto de fora, e um traço bem legal é que a produção não buscou fazer algo retrô em termos de sonoridade, muito pelo contrário. Já a capa, feita por Jonathan Hultén, é bem legal, e nela podemos perceber realmente algo mais voltado aos anos 80.

Musicalmente, a banda soube criar um CD que realmente empolga o ouvinte, e que merece aplausos, com canções fortes e pesadas, como a veloz e empolgante 'Death Rides this Night', com um trabalho de guitarras muito legal, lembrando bastante as bandas da NWOBHM nos solos; a igualmente veloz e energética 'Run for Your Life', com o baixo e bateria mostrando seu arsenal, fora os bons solos; já 'Mesmerized by Fire' é uma música com andamento moderado e que lembra bastante o trabalho de bandas como o lendário SATAN e BLITZKRIEG, com ótimo refrão; 'Take Me Out of this Nightmare', com uma levada pesada e que leva a cabeça a balançar, com um refrão que remete diretamente ao Hard'n'Heavy de gente como LOUDNESS, e solos muito legais; 'Sacrificed', que começa como uma balada, mas depois vira uma faixa bem cheia de energia e que é capaz de erguer até a múmia de Ramsés II de seu sarcófago, pois seu andamento é propício ao headbanging; e a ótima e rápida 'Satan'. Até pelos títulos, vemos as referências aos anos 80.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

E sobre a questão nova escola X velha escola, ou como muitos gostam de dizer, inovação X continuísmo, basta dizer apenas: o trabalho pode ser bom ou ruim, dependendo exclusivamente dele próprio. E o ENFORCER fez um ótimo trabalho.

Death by Fire - Enforcer
(2013 - Nuclear Blast - Importado)
Tracklist:

01. Bells of Hades
02. Death Rides this Night
03. Run for Your Life
04. Mesmerized by Fire
05. Take Me Out of this Nightmare
06. Crystal Suite
07. Sacrificed
08. Silent Hour / The Conjugation
09. Satan

Formação:
Olof Wikstrand - Guitarras, Vocais
Joseph Tholl - Guitarras
Tobias Lindqvist - Baixo
Jonas Wikstrand - Bateria

Contatos:
http://enforcer.se/
https://www.facebook.com/enforcerofficial
http://www.myspace.com/enforcerswe
http://www.reverbnation.com/#!/enforcerswe
http://twitter.com/enforcermetal
http://www.youtube.com/user/olofwikstrand

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Outras resenhas de Death by Fire - Enforcer

776 acessosEnforcer: uma ode à fase áurea do Heavy Metal1191 acessosEnforcer: alçando vôos cada vez mais altos para onde?

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Enforcer"

Novas CarasNovas Caras
Especial 20 novas bandas de metal tradicional

NWOTHMNWOTHM
10 bandas novas legais para você conhecer

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 20 de março de 2013

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Enforcer"

MetallicaMetallica
Banda está passando por dificuldades financeiras, dizem biógrafos

Guns N RosesGuns N' Roses
Slash: "Decidi dar um descanso para o meu nariz!"

Bruce DickinsonBruce Dickinson
Ver as Iron Maidens foi uma experiência estranha

5000 acessosSimone Simons: "Rammstein me faz querer mexer a bunda"5000 acessosTrue Metal: como ele deve agir na hora da foto5000 acessosFoo Fighters: "acho que somos uma merda", diz Dave Grohl5000 acessosThiago Bianchi: os álbuns que marcaram o vocalista5000 acessosIron Maiden: a impressionante técnica de Nicko em uma drum cam5000 acessosLed Zeppelin: em quantas músicas Plant não fala "baby"?

Sobre Marcos Garcia

Marcos Garcia é Mestrando em Geofísica na área de Clima Espacial, Bacharel e Licenciado em Física, professor, escritor e apreciador de todas as subdivisões de Metal, tendo sempre carinho pelas bandas mais jovens e desconhecidas do público, e acredita no Underground como forma de cultura e educação alternativas. Ainda possui seu próprio blog, o Metal Samsara, e encara a vida pela máxima de Buda "esqueça o passado, não pense no futuro, concentre-se apenas no presente".

Mais matérias de Marcos Garcia no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online