Metal Church: uma das grandes bandas do estilo em todos os tempos

Resenha - Metal Church - Metal Church

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Junior Frascá
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 10

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


O Metal Church foi formado nos primórdios da década de 1980, na região de São Francisco, nos EUA, em uma época em que o próprio heavy metal ainda estava em sua maior fase de evolução, tendo suma importância nesse processo de desenvolvimento, 3 sendo considerada até hoje como uma das grandes bandas do estilo em todos os tempos.
1809 acessosManowar, Joan Jett e outros: gravando Rap antes do New Metal?5000 acessosNirvana: "Teoria é um desperdício de tempo", dizia Kurt

Em sua formação original, (quando ainda se chamava Shrapnel) a banda contava com Mike Murphy nos vocais, Kirk Arrington na bateria (Lars Ulrich, do METALLICA, chegou a tocar com a banda em 1981, mas de forma muito rápida), Craig Wells e Kurdt Vanderhoof nas guitarras, e Duke Erickson no baixo. Logo Mike Murphy deixou a banda, alegando diferenças pessoais e criativas, tendo sido substituído pelo exímio vocalista David Wayne, que acabou se tornando uma lenda no estilo.

E logo após alguns demos lançados, a banda conseguiu um contrato com a gravadora Elektra e, em 1984, colocou esse seu debut autointitulado no mercado, sendo o mesmo até hoje considerado o maior clássico da banda, e um dos grandes discos do thrash/heavy metal dos anos 80.

Tendo como ponto central de sua sonoridade os excelentes riffs e solos da dupla Vanderhoof e Wells, a banda trazia influências de metal tradicional aliadas à elementos de thrash metal, estilo que estava começando a ser criado nesse período. Ademais, outro grande diferencial da banda eram os excelentes vocais do saudoso David Wayne (falecido em um acidente de carro em 2005), com muita energia e agressividade, e um timbre todo peculiar, lembrando uma mistura entre Ian Gillan e Jon Oliva (SAVATAGE).

Além disso, em suas letras a banda sempre tratou de temas instigantes, como conflitos internos, filosofia e temas sócias, o que chamou ainda mais a atenção dos fãs e da crítica especializada.

E assim, o quinteto forjou 8 pérolas do heavy/thrash metal, sendo todas excelentes faixas, transmitindo muita fúria e energia, além de muito peso, destacando-se as agressivas "Beyond the Black", "Merciless Onslaugth" (instrumental), "Hitman" e "In the Blood", além da arrastada faixa título, talvez o maior clássico da banda.

Há ainda uma excelente versão para "Highway Star", do DEEP PURPLE, que ficou bem mais rápida e agressiva que a original, apesar de terem mudado a maioria dos solos.

A produção do disco também era excelente para os padrões daquele período, e continua boa até hoje. A capa do disco também marcou época, com a guitarra modelo Explorer com seu braço em forma de cruz cravada na terra.

Eis, pois, um disco de suma importância na história do metal, e que tem lugar em qualquer coleção do estilo que se preze. Infelizmente, no decorrer de sua carreira, a banda teve diversos problemas internos, com mudanças constantes de membros, não conseguindo elevar ainda mais o seu nome, o que é uma pena. Mas só esse disco e seu sucessor, "The Dark", já fazem a carreira dos caras ter valido a pena...

Metal Church – Metal Church
(1984 - Elektra- Importado)

Formação:
Kurdt Vanderhoof - Guitars
Kirk Arrington - Drums
Craig Wells - Guitars
Duke Erickson - Bass
David Wayne - Vocals

Track List:

1. Beyond the Black
2. Metal Church
3. Merciless Onslaught
4. Gods of Wrath
5. Hitman
6. In the Blood
7. (My Favorite) Nightmare
8. Battalions
9. Highway Star (Deep Purple cover)

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Manowar, Joan Jett e outrosManowar, Joan Jett e outros
Gravando Rap antes do New Metal?

279 acessosMetal Church: lançado novo vídeo para "Reset" do álbum XI152 acessosMetal Church: Kurdt afirma ter material pronto para novo álbum0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Metal Church"

Manowar, Joan Jett e outrosManowar, Joan Jett e outros
Gravando Rap antes do New Metal?

LoudwireLoudwire
10 discos fodas com capas toscas

Thrash MetalThrash Metal
As 10 melhores baladas de bandas do gênero

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Metal Church"

NirvanaNirvana
"Teoria é um desperdício de tempo", dizia Kurt

Black Label SocietyBlack Label Society
O assassinato atribuido à "seita" de Zakk Wylde

Rede GloboRede Globo
Em 1985, explicando o que são os metaleiros

5000 acessosSeparados no nascimento: Lady Gaga e Eddie5000 acessosOs Headbangers não praticantes5000 acessosChris Cornell: relatório policial descreve últimas horas e morte5000 acessosBon Jovi: Richie fala do ultimato de Jon que o tirou da banda5000 acessosKerrang: os melhores singles já lançados5000 acessosAfro-Americanos: 10 nomes que estão destruindo no metal

Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online