Crashdiet: resgatam sonoridades típicas dos subgêneros do metal

Resenha - Savage Playground - Crashdiet

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 6

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Quem acompanha a cena contemporânea da música pesada pode perceber que cada vez mais temos novas bandas surgindo, em todos os subgêneros do metal, com o intuito de resgatarem sonoridades típicas dos primórdios do estilo. E os suecos do CRASHDIET, que chegam agora a seu quarto disco de estúdio, são mais um grande exemplo dessas bandas.

Crashdïet: banda lança vídeo de "Rust", música do próximo álbum; vejaRunaways: Jackie Fox conta como foi estuprada por Kim Fowley

Formada em 2000 pelo falecido vocalista Dave Lepard (que se matou em 2006, quando tinha apenas 25 anos), que acabara de encerrar sua banda de death metal WARPATH para se dedicar ao Hard Rock/Glam Metal, a banda tem chamado a atenção da mídia especializada, principalmente por suas excelentes performances ao vivo.

Como dito, a banda se dedica ao Hard Rock/Glam Metal, com uma pegada bem pesada, intensa e energética, com influências de bandas coo TWISTED SISTER, POISON, RATT e MOTLEY CRUE, tudo remetendo direto aos anos 80, inclusive com o visual bizarro dos integrantes. Portanto, como se percebe, o som dos caras não traz nada de novo, mas até ai tudo bem, pois a grande maioria das bandas que faz esse revival de algum dos subgêneros da música pesada tem essa característica.

Mas o maior problema do CRASHDIET neste material é que falta um pouco mais de maturidade nas composições, principalmente na capacidade de criar aquela "algo mais" que faça com que as faixas cativem o ouvinte de imediato, e que os leva a sair cantarolando-as por ai após poucas audições do material; algo este que as bandas antigas do estilo, e outras mais atuais como o H.E.A.T., por exemplo, conseguem fazer com maestria, e como o próprio CRASHDIET fez no passado, em especial no seu excepcional debut.

Porém, que fique claro: estamos diante de uma ótima banda e de um bom registro, já que todas as 13 canções apresentadas são interessantes, embora bem simples e diretas, sem grandes destaques. Mas nenhuma delas pode ser vista como um clássico da banda, e são aquém do grande potencial que os caras sempre demonstraram.

Portanto, é evidente que o CRASHDIET é uma boa banda, com grande potencial para estourar, mas ainda não foi dessa vez que conseguiram dar aquele grande passo fora do underground e rumo ao mainstream. Todavia, se você é fã do estilo, vale a pena conferir, mas não espere encontrar nada revolucionário ou muito acima da média.

The Savage Playground - Crashdiet
(2013- Frontiers - Importado)

Lineup:
Simon Cruz- Vocals
Peter London - Bass
Martin Sweet - Guitar
Eric Young - Drums

Tracklist:
1. Change The World
2. Cocaine Cowboys
3. Anarchy
4. California
5. Lickin' Dog
6. Circus
7. Sin City
8. Got a Reason
9. Drinkin' Without You
10. Snakes In Paradise
11. Damage Kid
12. Excited
13. Garden Of Babylon




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Crashdïet"


Crashdïet: banda lança vídeo de "Rust", música do próximo álbum; veja

Runaways: Jackie Fox conta como foi estuprada por Kim FowleyRunaways
Jackie Fox conta como foi estuprada por Kim Fowley

Mulheres no Rock: resistência em um meio machistaMulheres no Rock
Resistência em um meio machista

Fotos de Infância: Skid RowFotos de Infância
Skid Row

Paula Fernandes: aos 19 anos ela ia em shows de Black MetalSlash: por que ele usa óculos escuros o tempo todo?Dave Grohl: falando sobre o seu vício em café e cigarroKiss: os itens mais bizarros do merchandise oficial

Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.