Matérias Mais Lidas

imagemFãs detonam produção do Knotfest após anúncio do Pantera

imagemTrês novas bandas serão anunciadas como atrações do Knotfest Brasil

imagemA música do Raul Seixas com erro gramatical que parece um plágio mas é uma homenagem

imagemA melhor música de heavy metal lançada a cada ano desde 1970, em lista do Loudwire

imagemDiretora de escola censurada por pais por foto com camisa do Iron Maiden se arrepende

imagemSamuel Rosa chama guitarrista do Pearl Jam de "menino mimado" por quebrar instrumentos

imagemO carinhoso jeito de Axl Rose se desculpar com sua equipe pelo seu jeito imprevisível

imagemPantera tocará no festival Knotfest Brasil, segundo jornalista

imagemOzzy diz que chamou Jimmy Page para novo álbum, mas guitarrista nunca respondeu

imagemO arrependimento que David Bowie carregava em relação a Elvis Presley

imagemDave Mustaine não queria usar as ideias de Ellefson, diz ex-baixista do Megadeth

imagemFrank Zappa surpreende ao eleger seus dez álbuns favoritos

imagemMúsico de Los Angeles compartilha foto recente de Alex Van Halen

imagemDave Mustaine revela que Megadeth gravou cover do Judas Priest para a Amazon

imagemAmy Lee surpreende ao escolher os melhores cantores (e cantoras) de todos os tempos


2022/08/18
Stamp

Eu E Os Meus Onanismos: continuam investindo na esquisitice

Resenha - Votar Só Serve Pra Mudar De Dono - Eu E Os Meus Onanismos

Por Vitor Franceschini
Em 24/01/13

publicidade

Nota: 2

Este é o segundo trabalho dessa banda portuguesa que resenhamos e, sinceramente, a minha opinião continua a mesma em relação às suas composições. Nesta 10ª (!) demo, eles continuam investindo na esquisitice de cabo a rabo, ou seja, tudo soa estranho e o comum fica por parte das letras que abordam problemas sociais e políticos, dentre outros distúrbios da humanidade.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Cantando na língua pátria, a banda destila um som desconexo, com batidas eletrônicas e guitarras distorcidas ao fundo. As vozes são narrativas que demonstram revolta, discórdia e indignação, tudo misturado com ironia e destempero. Eles se rotulam Grindcore, mas a sonoridade passa longe disso.

A produção também não é das melhores, soando baixa, apesar de nítida. Se há alguma intenção de chocar o ouvinte eles conseguem, mas se o básico aqui é sair do comum a coisa não flui muito bem, já que há muitas coisas ruins pelo underground. Dentre as 16 composições não consegui compreender nenhuma, principalmente a horrenda Safar A Bruxa (que é um dos dois bônus do trabalho).

http://www.myspace.com/eeomo

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

2022/07/09


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Ultimate Classic Rock: os 100 maiores clássicos do rock

Supergrupos: Os melhores e piores na opinião da Metal Hammer


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini.