Dehumanized: mesclando influência do Grindcore e Death old school

Resenha - Controlled Elite - Dehumanized

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Marlon Lima
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 7

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Após um hiato de quatorze anos desde seu primeiro álbum, "Prophecies Foretold" (1998), e com diversas paradas e reformulações, os norte-americanos do Dehumanized lançaram no último dia 27 de novembro seu segundo trabalho de estúdio, "Controlled Elite". Lançado via Comatose Music, o disco traz Michael Centrone (vocal), Anthony Cossu (baixo), George Torres (bateria), Rich Nagasawa e Paul Tavora (guitarras) no atual lineup.
5000 acessosMayhem: banda levou restos humanos para o palco em 20115000 acessosAs regras do Thrash Metal

Gravado no Full Force Studio e produzido por Joe Cincotta (Suffocation, Internal Bleeding), "Controlled Elite" tem uma sonoridade incrivelmente pesada, bem ao estilo das bandas extremas de Nova York, mesclando influência do grindcore, death metal old school.

Em termos de composição, o material é bem equilibrado entre cadência e brutalidade sem exagerar da técnica e sem experimentações. A bateria e o baixo fornecem uma base solida e dinâmica para o trabalho dos guitarristas. Já Michael Centrone implementa uma linha diferente do vocalista anterior, mesmo assim segue a linha do gutural grave comum do gênero.

Destaque para as faixas "Roots of Evil, com participação do guitarrista Terrance Hobbs (Suffocation) num solo magnífico, "Controlled Elite" que tem Frank Mullen (Suffocation) no vocal, "Man vs Man" e " Soiled", estas últimas com a bateria metralhando e riffs infernais.

Para uma banda que ficou tanto tempo sem um trabalho de estúdio, "Controlled Elite" é um bom álbum, onde se encontra músicas bem estruturadas, porém nada que já não tenha sido feito antes. Mesmo assim vale a audição pra quem curte bandas como Suffocation, Immolation e Dying Fetus.

Contato:
http://www.facebook.com/DEHUMANIZED.NY
http://www.myspace.com/dehumanized

Formação:
Michael Centrone (Vocal)
Rich Nagasawa (Guitarra)
Paul Tavora (Guitarra)
Anthony Cossu (Baixo)
Goerge Torres (Bateria)

Track-list:
01-Bloodties
02-Body Colonizers
03-Soiled
04-Set in Stone
05-Controlled Elite
06-Immorally Reborn
07-His Burden
08-Root of Evil
09-None Shall Remain
10-Man vs. Man
11-Condemned (bonus track)

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Dehumanized"

MayhemMayhem
Banda levou restos humanos pro palco na França

HumorHumor
Não basta ouvir Master Of Puppets para ser Thrash

Bon JoviBon Jovi
Larissa Riquelme dança música com os seios de fora

5000 acessosAs regras do Thrash Metal5000 acessosFotos de Infância: Arch Enemy5000 acessosVH1: 100 melhores músicas de hard rock de todos os tempos5000 acessosDee Snider: Eddie Van Halen está completamente abilolado5000 acessosGlenn Hughes: Análise vocal do cantor5000 acessosBruno Sutter: ouça em primeira mão o 1º single, "The Best Singer in the World"

Sobre Marlon Lima

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online