Matérias Mais Lidas

imagemJanis Joplin: última gravação dela em vida foi feita para um Beatle

imagemAnitta é a maior roqueira que existe hoje no Brasil, diz integrante do Titãs

imagemRock in Rio: Pitty alfineta a produção do festival ao revelar qual seria sua exigência

imagemSérgio Moro elege banda clássica de Rock como sua favorita

imagemQuando Derico, do Programa do Jô, descobriu que Ian Anderson tocava tudo errado

imagemBruce Dickinson revela qual é sua música preferida do Iron Maiden

imagemRegis Tadeu expõe como Spotify e YouTube fazem falcatrua para fraudar views

imagemA reação de Jimi Hendrix ao assistir King Crimson ao vivo

imagemTommy Lee posta nude novamente, porém, em versão meio "Romero Britto"

imagemMegadeth divulga "Soldier On!", mais uma faixa do próximo disco; ouça aqui

imagemJoão Gordo compara anarcocapitalistas com quem acredita em terraplanismo

imagemPrika diz que fez "tudo errado" na primeira turnê da Nervosa, mas aprendeu lição

imagemGeddy Lee e Alex Lifeson tocam clássica do Rush em evento nos EUA

imagemRock in Rio libera ingressos extras e novamente dia do metal é único que não esgota

imagemNergal diz que vocalista do Arch Enemy é mais corajosa do que muito metaleiro homem


Dream Theater 2022

HeptaH: fusão de Heavy Metal Tradicional com o Progressivo

Resenha - Master Of Delusion - HeptaH

Por Ben Ami Scopinho
Em 30/11/12

Nota: 9

Passaram-se apenas dois anos para que o HeptaH, oriundo de Campinas (SP), tomasse forma e já marcasse sua estreia em disco. E, ainda que seja um novato na cena, os singles que soltaram ao longo de 2011 anunciavam músicos com apurada percepção e esbanjando técnica no momento de compor, características que se confirmam definitivamente em "Master Of Delusion", um caprichado debut que chega ao mercado via MS Metal Records.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

"Master Of Delusion" tem como proposta uma equilibradíssima fusão de Heavy Metal Tradicional, com tantas melodias e arranjos intrincados que acaba avançando fundo em terreno progressivo. E, seguindo seus próprios termos, o HeptaH infunde ao repertório características tão singulares que consegue se afastar de outros grupo que se enveredam pelo chamado Prog Metal.

Esqueça toda a pompa decorativa dos teclados em profusão... Aqui a prioridade são as guitarras, baixo – há inúmeros solos de quatro cordas ao longo de audição! – e bateria, que, mesmo com toda sua tendência à complexidade, de alguma forma "Master Of Delusion" soa direto ao ponto. E, além de toda a precisão da seção instrumental, o HeptaH conta com dois vocalistas que disparam variadas linhas de voz, o que proporciona uma dinâmica bastante especial ao repertório.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Tendo em "Something’s Worng" e "Insanity" exemplos da capacidade destas feras em segurar a atenção do ouvinte, "Master Of Delusion" possui uma abrangência significativa o suficiente para conquistar não somente ao público voltado ao Prog, mas também a qualquer um aprecie música extremamente bem elaborada e totalmente Heavy Metal. Se você se encaixa neste perfil, pode conferir!

Formação:
Rhads Clemente - voz
Ricardo Corsi - guitarra e voz
Samuel Zechin - guitarra
Robson Baroli - baixo
Raphael Jorge - bateria e voz

Contato:
http://www.myspace.com/heptah

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

HeptaH – Master Of Delusion
(2012 / MS Metal Press – nacional)

01. The Battle Was Already Won
02. Reasons To Fight
03. Something’s Wrong
04. Never Die
05. Time To Regret
06. Insanity
07. Dead Order
08. Angels Whispers
09. Things In My Head
10. Sword Of The Spirit
11. Illusion Seller

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Power Metal: os dez álbuns essenciais do gênero

Andreas Kisser: "Eloy Casagrande talvez não seja humano"


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre

Mais matérias de Ben Ami Scopinho.