Gestos Grosseiros: incrível a pancadaria que o trio executa

Resenha - Satanchandising - Gestos Grosseiros

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Pierre Cortes
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Banda formada em 98 e oriunda de Guarulhos, São Paulo, o GESTOS GROSSEIROS já lançou duas demos e um álbum de estreia. Já tocaram em várias localidades do país e com bandas de peso como NERVOCHAOS, TORTURE SQUAD e KRISIUN, além de nomes internacionais como VADER, MARDUK, DARK FUNERAL e CENTURIAN. E não param por aí, pois também realizaram uma tour em Santiago do Chile.
5000 acessosMetallica: Jason explica o baixo apagado de And Justice For All5000 acessosLady Gaga: "o Iron Maiden mudou a minha vida!"

"Satanchandising" é o segundo álbum do grupo. E eles mostram, de fato, para o que vieram. Aqui, o peso se junta à técnica e à rapidez, e o resultado é um álbum de quase 50 minutos, composto por 11 músicas do mais puro Metal extremo. Incrível a pancadaria que o trio executa.

A cozinha instrumental, de maneira geral, é competente e os destaques ficam a cargo dos riffs e solos de guitarra e também da bateria. Há ainda, boa variação de ritmo nas músicas e as composições nos remetem ao Death Metal Old School, embora possamos notar alguma influência do Thrash Metal.

Fique atento às seguintes faixas: "Humanity Victory (Kill By Power)", ótima música de abertura, com variações em seu andamento e solo rápido e bem feito; "Satanchandising", a maior e melhor música do álbum, com início obscuro e mais lento e um final acústico que, além de lindo, soa original; "Religious Plague" com seu excelente solo de guitarra.

Um cuidado maior na ilustração da capa, certamente tornaria o material mais atrativo aos olhos. De qualquer forma, o GESTOS GROSSEIROS mostra que sabe executar um som pesado e com técnica, repleto da brutalidade que o bom e velho Death Metal exige. "Satanchandising" é digno, honesto e recomendado.

Banda: Gestos Grosseiros
País de Origem: Brasil
Título do álbum: Satanchandising
Ano: 2011
Estilo: Death Metal
Gravadora: Rapture Records/Tornhate Records

Line-up:

Andy Souza – Vocal/Bateria
Kleber – Guitarra
Danilo Dill – Baixo

Faixas:

1. Humanity Victory (Kill By Power)
2. Slaves Of Imagination
3. Mirror Of Death
4. Satanchandising
5. Evil Witness
6. Predator Of Soul
7. Attack
8. Brutality Century
9. Religious Plague
10. Stronger Than Never
11. Extreme Aggression (Demo Version)

Sites:

http://www.myspace.com/gestosgrosseiros
https://www.facebook.com/gestosgrosseiros
https://twitter.com/GestosG
http://www.youtube.com/user/gestosgrosseiros
http://metalmedia.com.br/gestosgrosseiros/index.php

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Satanchandising - Gestos Grosseiros

967 acessosGestos Grosseiros: O lado mais tradicional do Death Metal308 acessosGestos Grosseiros: evolução sobre Death do primeiro disco

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Gestos Grosseiros"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Gestos Grosseiros"

MetallicaMetallica
Jason explica o baixo apagado de And Justice For All

Lady GagaLady Gaga
"O Iron Maiden mudou a minha vida!"

Ozzy x SharonOzzy x Sharon
Conheça a mulher que supostamente causou a separação

5000 acessosKiss: as 10 músicas mais "demoníacas" da banda5000 acessosHeavy Metal: Os 11 melhores álbuns dos anos 2000 segundo o Loudwire5000 acessosLed Zeppelin: Perguntas e Respostas sobre a banda5000 acessosEurope: confissões de Tempest sobre excessos dos anos 805000 acessosRush: o discurso mais criativo e engraçado da música4768 acessosBlack Sabbath: Ozzy seguirá em carreira solo após última turnê

Sobre Pierre Cortes

Pierre Cortes, paulistano, bacharelado em Publicidade e em Cinema, amante da fotografia e escrita, apreciador do Heavy Metal e todas as suas subdivisões desde o início dos anos 80, colaborador do Whiplash.Net desde 2011, Twitter - @pierrecortes.

Mais matérias de Pierre Cortes no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online