Cradle Of Filth: Black sinfônico do início bem presente

Resenha - Manticore And Other Horrors - Cradle of Filth

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


É, meus amigos, parece realmente que Dani Filth e sua trupe realmente resolveram trazer de volta algo da sonoridade característica de seus primeiros registros, tendência essa iniciada no excelente "Godspeed on The Devil's Thunder", e agora potencializada neste seu décimo disco, "The Manticore and Other Horrors".

Cradle Of Filth: clássico Cruelty And The Beast será relançado em novembroPink Floyd: as 10 melhores escolhidas pela Ultimate Classic Rock

Embora a banda não tenha deixado totalmente de lado as orquestrações e as influências de metal tradicional presentes em seus discos mais recentes, fica bem evidente que aquela atmosfera do black metal sinfônico de seus primórdios está bem mais presente. Os riffs do guitarrista Paul Allender estão bem mais sujos e agressivos, assim como as levadas de bateria de Marthus, com blast beats bem encaixados e uma pegada bem agressiva.

Já o líder Dani Filth está variando ainda mais a sua voz, tanto nos momentos mais agressivos, quanto nos mais soturnos, mas nada que fará seus detratores mudarem de ideia, muito pelo contrário.

A produção também é muito boa, e contribuiu muito para a excelência do álbum, assim como a temática lírica de horror abordada em todo o material (que não é uma obra conceitual).

Como sempre, a banda investe em uma musicalidade mais rica e cheia de estruturas complexas e progressivas, o que ainda manterá os fãs mais radicais do estilo afastados. A faixa "Abhorrent" é um grande exemplo disso, pois embora traga momentos de pura brutalidade, têm diversas variações, com arranjos épicos e góticos, mostrando toda a competência e criatividade do agora trio britânico.

Outros momentos, como "For Your Vulgar Delectation" e "Huge Onyx Wings Behind Despair" remetem a discos como "Vempire" e "Dusk and Her Embrace", com uma sonoridade mais vigorosa e agressiva, e que deverá agradar aos fãs mais antigos da banda.

Menciono ainda como destaques a obscura e pesadíssima "Manticore"; a épica "Frost on Her Pillow"; e "Siding with the Titans", que mescla brutalidade e melodia com maestria, sendo uma das melhores do disco.

E assim segue o CRADLE OF FILTH, uma banda amada por muitos, e odiada por outros tantos, mas que se mostra muito competente no que se propõe a fazer, e de suma importância para a história do metal extremo. E "The Manticore and Other Horrors" é, sem dúvida, um de seus melhores discos em anos.

The Manticore and Other Horrors - Cradle of Filth
(2012- Nuclear Blast - Importado)

Track List:

1. The Unveiling of O
2. The Abhorrent
3. For Your Vulgar Delectation
4. Illicitus
5. Manticore
6. Frost on Her Pillow
7. Huge Onyx Wings Behind Despair
8. Pallid Reflection
9. Siding with the Titans
10. Succumb to This
11. Nightmares of an Ether Drinker (Bonus Track)
12. Death, The Great Adventure (Bonus Track)
13. Sinfonia




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Cradle Of Filth"


Cradle Of Filth: clássico Cruelty And The Beast será relançado em novembro

Natal: as impressões de Nergal, Dani Filth e ShagrathNatal
As impressões de Nergal, Dani Filth e Shagrath

Dani Filth: queima de igrejas obviamente era ridículoDani Filth
Queima de igrejas "obviamente era ridículo"

Cradle Of Filth: o lado negro do vocalista Dani FilthCradle Of Filth
O lado negro do vocalista Dani Filth


Pink Floyd: as 10 melhores escolhidas pela Ultimate Classic RockPink Floyd
As 10 melhores escolhidas pela Ultimate Classic Rock

Metalcore: os dez trabalhos essenciais do estiloMetalcore
Os dez trabalhos essenciais do estilo

Sepultura: saiba mais sobre as visões religiosas de DerrickSepultura
Saiba mais sobre as visões religiosas de Derrick

Oito razões pra dormir com um bateristaPunk: 10 músicos que são mais ricos do que você pensaCannibal Corpse: fã com culhões de aço no moshpitSlash: O amor do guitarrista pelo riff de "Sweet Child O' Mine"

Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.