Down: um dos melhores lançamentos da banda até o momento

Resenha - Down IV Part I; The Purple - Down

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Depois do anúncio, por parte de Phil Anselmo, de que o DOWN não lançaria de cara um disco novo, mas sim uma série de quatro EPs, os fãs da banda ficaram ansiosos, tendo em vista que há cinco anos a banda não soltava um novo registro de estúdio. Assim, chega ao mercado, cercado de expectativas, essa primeira parte da obra, "The Purple", que sem dúvida nenhuma é um dos melhores lançamentos da banda até o momento.

Galeria de fotos: 13 motivos para gostar de Rock N RollCannibal Corpse: o pescoço gigante de George Fisher

Tudo bem, são apenas 6 músicas apresentadas, mas a qualidade aqui é tão sobressalente, que não há como não se empolgar com o material, em seus quase 35 minutos de duração. As faixas são densas, pesadas, repletas de climas assustadores e agressivos, naquela mistura característica da banda entre doom, stoner e sludge metal, tudo com uma competência de tirar o chapéu, e de forma ainda mais refinada.

Pepper Keenan (Corrosion of Confirmity) e Kirk Windstein (Crowbar) dão uma verdadeira aula de riffs precisos e pegajosos, esbanjando bom gosto a cada entonação, mostrando-se cada vez mais entrosados. Por sua vez, o novo baixista Pat Brudners (Crowbar) - que substituiu Rex Brown, que deixou a banda em 2011 - também faz um trabalho muito consistente, com ótimas passagens, formando uma ótima cozinha, ao lado do sempre competente Jimmy Bower (Eyehategod). Phil Anselmo também dá um show a parte, sendo, como sempre, um dos grandes destaques do material.

Todas as seis faixas apresentadas são muito boas, seja nos momentos mais diretos, como em "Witchtripper" (que já nasce com cara de clássica), nos mais arrastados, como em "Levitation", "Open Coffins" (uma das melhores do material) e "This Work Is Timeless", ou no encerramento épico com "Misfotune Teller", com seus quase 10 minutos, que passam voando, tendo em vista a qualidade que nos é apresentada.

A produção, como não poderia deixar de ser, é sujíssima, e realça ainda mais a destruição sonora que nos é apresentada pelo quinteto. Destaque também para a bela arte gráfica, inclusive na bela versão digipack.

Ao final, fica aquele gostinho de quero mais, sendo este o único detalhe que "desabona" o material. Agora é aguardar ansiosamente pelas três partes restantes da obra, pois, se depender da qualidade apresentada nesta primeira, sem dúvida nenhum fã se decepcionará. Obrigatório.

Down IV - Part I - The Purple - Down
(2012 - Down Records - Importado)

Track List:

1. Levitation
2. Witchtripper
3. Open Coffins
4. The Curse Is a Lie
5. This Work Is Timeless
6. Misfortune Teller




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Down"


Phil Anselmo: ele se arrepende de ter deixado a escola?Phil Anselmo
Ele se arrepende de ter deixado a escola?

Zakk Wylde: era complicado beber com o amigo Dimebag DarrellZakk Wylde
Era complicado beber com o amigo Dimebag Darrell

Phil Anselmo: 5 discos essenciais em sua coleçãoPhil Anselmo
5 discos essenciais em sua coleção


Galeria de fotos: 13 motivos para gostar de Rock N RollGaleria de fotos
13 motivos para gostar de Rock N Roll

Cannibal Corpse: o pescoço gigante de George FisherCannibal Corpse
O pescoço gigante de George Fisher

Rock Cristão: as principais bandas nacionaisRock Cristão
As principais bandas nacionais

Alfabeto do Rock: as 15 melhores músicas de MetalChurch of Satan: "A maioria dos músicos de Black Metal são cristãos"Def Leppard: 'a banda mais cara que já contratei', chora promotorMaquiagem, spikes e sorrisos: conheça o Happy Black Metal

Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.