Matérias Mais Lidas

Titãs: o motivo pelo qual Arnaldo Antunes saiu da banda antes de TitanomaquiaTitãs: o motivo pelo qual Arnaldo Antunes saiu da banda antes de "Titanomaquia"

Como está hoje o casal que inspirou Eduardo e Mônica, da Legião UrbanaComo está hoje o casal que inspirou "Eduardo e Mônica", da Legião Urbana

Beatles: todas as músicas da banda em ordem de grandiosidade, segundo a NMEBeatles: todas as músicas da banda em ordem de grandiosidade, segundo a NME

João Gordo e Eloy Casagrande ironizam morte de Olavo de Carvalho nas redesJoão Gordo e Eloy Casagrande ironizam morte de Olavo de Carvalho nas redes

Bruce Dickinson já fez show para um único ser humano (e ofereceu cerveja ao felizardo)Bruce Dickinson já fez show para um único ser humano (e ofereceu cerveja ao felizardo)

Angra: brincadeira fez com que Andre Matos saísse da banda após Holy LandAngra: brincadeira fez com que Andre Matos saísse da banda após "Holy Land"

Foo Fighters: a tocante opinião de Brian May (Queen) sobre a bandaFoo Fighters: a tocante opinião de Brian May (Queen) sobre a banda

Bruce Dickinson, sem pensar duas vezes, revela pérola do Maiden que merece mais atençãoBruce Dickinson, sem pensar duas vezes, revela pérola do Maiden que merece mais atenção

Nightwish: a sincera opinião da ex-vocalista Anette Olzon sobre atual som da bandaNightwish: a sincera opinião da ex-vocalista Anette Olzon sobre atual som da banda

Punk contra a Rainha: o dia em que Freddie Mercury deu um enquadro em Sid ViciousPunk contra a Rainha: o dia em que Freddie Mercury deu um enquadro em Sid Vicious

Steve Vai: Eu não posso tocar como Yngwie Malmsteen; ninguém pode tocar como eleSteve Vai: "Eu não posso tocar como Yngwie Malmsteen; ninguém pode tocar como ele"

Jason Bonham ficou magoado com Led Zeppelin por ficar de fora da reunião do grupoJason Bonham ficou magoado com Led Zeppelin por ficar de fora da "reunião" do grupo

Black Sabbath: 10 músicas menos conhecidas da formação clássica que todos deveriam ouvirBlack Sabbath: 10 músicas menos conhecidas da formação clássica que todos deveriam ouvir

A carinhosa opinião de Chris Cornell sobre John LennonA carinhosa opinião de Chris Cornell sobre John Lennon

Lemmy e Joey Ramone: a forte e verdadeira amizade entre duas lendas do RockLemmy e Joey Ramone: a forte e verdadeira amizade entre duas lendas do Rock


Amon: A nova banda dos irmãos Hoffman, do Deicide

Resenha - Liar in Wait - Amon

Por Marcos Garcia
Em 16/06/12

Nota: 10

Muitas vezes, membros que saíram (ou foram saídos) de suas antigas bandas não conseguiram fugir da sonoridade que antes faziam. Muitos acham que é oportunismo, para evitar ter que angariar novos fãs, outros tantos acham que isso se dá porque o músico tem seu estilo de tocar bem definido, logo, seria difícil abandonar algo já construído a posteriori.

Após anos de silêncio, os irmãos Brian e Eric Hoffman, ambos ex-guitarristas do DEICIDE, unindo forças a Jachael (baixo e vocais) e Mike Petrak (baterista), resolveram atacar com uma nova banda, AMON (coincidentemente, o primeiro nome de sua ex-banda), que acaba de lançar seu primeiro CD, 'Liar in Wait'.

O que se pode esperar da banda?

Aos mais apressados, um aviso: embora a banda faça um Death Metal extremamente bruto, rápido e agressivo, não lembra em quase nada a antiga banda dos Hoffman brothers, a não ser pelos solos de guitarras (embora a parte técnica tenha melhorado sensivelmente), pois a música da banda, apesar de usar chavões do Death metal e não ser exatamente algo novo e original tem bastante persona e sangra vitalidade e energia contagiantes, em um trabalho que ora é veloz e ríspido, ora mais cadenciado e intenso, com alguns leves toques um pouquinho mais melodiosos aqui e ali, cuja percepção não é muito simples devido à muralha sonora gerada pelo quarteto.

O experiente Mark Prator (que já trabalhou com diversas bandas, como OBITUARY, NASTY SAVAGE, entre outros) foi o produtor do disco, que foi gravado e mixado nos Red Room Recorders, e é marcado por uma produção extremamente bem cuidada e limpa, mas que conferiu à banda uma brutalidade sonora absurda, fazendo do CD algo indispensável aos fãs do gênero.

O que encontramos no CD é uma pérola no estilo, digna de admiração, cheia de vida e empolgação, pois o quarteto atingiu um nível bem homogêneo, se destacando faixas como a explosiva 'Among Us', que mostra uma variação nos andamentos e algumas quebradas de ritmo muito boas e um excelente trabalho de bateria, bem como em 'Eye of the Infinite', tendo esta música guitarras muito bem postadas; 'Lash Thy Tongue and Vomit Lies', não tão rápida quanto as anteriores, mas igualmente empolgante; a arrasadora 'Semblance of Man', onde a técnica da banda fica evidenciada, pois a faixa bem trabalhada; 'Spat Forth from the Darkness', onde mais uma vez os riffs de guitarras se destacam bastante, bem como as vocalizações guturais insanas de Jachael; e 'Wrath of Gaia', outra tijolada nos tímpanos, com tempos rápidos em boa parte da canção, e a cozinha rítmica mostra um trabalho bem interessante devido às mudanças de andamentos súbitas, bem como às partes cadenciadas intensas e mórbidas.

Um disco honesto, e que os irmãos Hoffman sejam bem vindos de volta, pois o Death Metal agradece.

Welcome back, Eric and Brian, and stay brutal!!!

Liar in Wait - Amon
(2012 - Independente - Importado)

Tracklist:
01. Among Us
02. Eye of the Infinite
03. Lash Thy Tongue and Vomit Lies
04. Liar in Wait
05. Reaching for Flesh
06. Semblance of Man
07. Sentience and Sapience
08. Spat Forth from the Darkness
09. Wraith of Gaia

Formação:
Jechael – Vocais, baixo
Brian Hoffman – Guitarras
Eric Hoffman – Guitarras
Mike Petrak – Drums

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Slayer: quando o católico pai de Tom Araya descobriu que a banda era satanistaSlayer
Quando o católico pai de Tom Araya descobriu que a banda era satanista

Guitarristas e vocalistas: os 10 melhores casamentosGuitarristas e vocalistas
Os 10 melhores "casamentos"


Sobre Marcos Garcia

Marcos Garcia é Mestrando em Geofísica na área de Clima Espacial, Bacharel e Licenciado em Física, professor, escritor e apreciador de todas as subdivisões de Metal, tendo sempre carinho pelas bandas mais jovens e desconhecidas do público, e acredita no Underground como forma de cultura e educação alternativas. Ainda possui seu próprio blog, o Metal Samsara, e encara a vida pela máxima de Buda "esqueça o passado, não pense no futuro, concentre-se apenas no presente".

Mais matérias de Marcos Garcia.