Running Wild: Eles ainda tinham muita lenha para queimar

Resenha - Shadowmaker - Running Wild

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá, Tradução
Enviar Correções  

8


Finalmente o suposto fim do RUNNING WILD não durou muito tempo! Não sei qual foi o real motivo do retorno da banda, se foi realmente por amor ao metal, por uma jogada de marketing ou devido ao fracasso que Sir. Rock´n Rolf teve com o terrível TOXIC TASTE, mas a verdade é que os alemães ainda tinham muita lenha para queimar, conforme prova este excelente novo material.

E em seu 15º registro de estúdio, Rolf e sua trupe de piratas mostram mais uma vez o porque de serem considerados uma verdadeira instituição do metal, com mais um disco fantástico, e inclusive muito melhor que os últimos registros da banda antes de seu "quase final" em 2009. Aquela excelente mescla entre heavy metal tradicional e hard rock, com influências que vão de THIN LIZZY a JUDAS PRIEST, presentes nos discos clássicos da banda está de volta, trazendo grandes riffs e aqueles refrãos para se sair cantando junto logo na primeira audição.

publicidade

Rolf continua cantando muito, conseguindo impor aquela energia típica em todas as faixas, além de ser um verdadeiro riffmaker. O único senão das composições fica para a bateria, muito básica e repetitiva em alguns momentos, o que é agravado pela gravação, que deixou o som das batidas bem artificial, mas nada que prejudique muito o resultado geral do trabalho.

publicidade

Todas as canções são muito legais, e o disco se destaca por cativar o ouvinte logo de cara. Sério, tente escutar faixas como "Riding the Tide" (a melhor do trabalho), "I Am Who I Am" (com riffs cortantes), "Shadowmaker" (uma pedrada com forte influência oitentista) e "Dracula" e não sair por ai cantarolando seus refrãos. O único senão fica para "Me & The Boys", uma faixa que tem um toque de TWISTED SISTER e não é de todo ruim, mas que foge um pouco do padrão de qualidade do disco por ser mais comercial.

publicidade

Destaque também para a capa do trabalho, que foge dos padrões da banda, e para a gravação, que ficou bem legal no geral (com as ressalvas já mencionadas relativas à bateria), e pode ser considerada uma das melhores da banda até o momento. Além disso, a versão especial do disco contém um DVD bônus, com o making of do disco, e comentários de Rock´n Rolf sobre todas as faixas do CD.

publicidade

Pois bem, o RUNNING WILD está de volta à ativa, e nos traz mais uma vez uma grande registro, que com certeza merece estar em qualquer coleção. Agora nos resta torcer para que a Mr. Rolf continue firme por muito tempo ainda, pois competência e criatividade ele tem de sobra. Vida longa aos piratas do metal!

Shadowmaker – Running Wild
(2012 - Importado)

publicidade

01. Piece Of The Action
02. Riding On The Tide
03. I Am Who I Am
04. Black Shadow
05. Locomotive
06. Me & The Boys
07. Shadowmaker
08. Sailing Fire
09. Into The Black
10. Dracula

DVD
Making of Shadowmaker
Track by track commentary by Rock N´Rolf
Length approx. 40 min




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Top 10: Os mais influentes álbuns de Metal TradicionalTop 10
Os mais influentes álbuns de Metal Tradicional

Metal Alemão: as 10 melhores bandas segundo o About.comMetal Alemão
As 10 melhores bandas segundo o About.com


Lindo Demais: conheça o London, o primeiro smartphone da MarshallLindo Demais
Conheça o London, o primeiro smartphone da Marshall

Metal Moderno: 5 bandas aptas a se tornarem clássicasMetal Moderno
5 bandas aptas a se tornarem clássicas


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin