Thygard: Demo tem como foco o Metal Industrial

Resenha - Welcome Future - Thygard

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar Correções  

publicidade

7


Por mais que o público Metal seja conservador e resistente à música eletrônica, e me inclua nisso, tenho que admitir que o trabalho do Thygard é muito interessante e demonstra maturidade. O trabalho é levado a cabo por Snyper, que trouxe de volta a banda originalmente formada em 1998 se dissolvendo logo depois e retornando em 2000.

A demo conta com 3 composições muito bem produzidas e que tem como foco o Metal Industrial repleto de elementos eletrônicos e riffs de guitarras os incrementando. As músicas possuem um ritmo que chega a ser dançante e podem facilmente serem tocados em uma rave. O diferencial fica por conta do peso das guitarras e dos vocais bem maléficos, que segue uma linha grave e limpa bem sinistra.

publicidade

O ponto negativo fica por conta da faixa instrumental Running Of Hell, que soa muito eletrônica e irá irritar até mesmo os fãs de Metal mais ‘mente aberta’. Escape From e Toxic Generation são ótimas composições, sendo que a segunda mostra uma melodia interessante e bem futurista, além de um bom refrão.

A capa é muito impactante, sendo outro destaque. No mais, o Thygard poderia equilibrar mais seu som, incluindo aí mais elementos de Metal e diminuindo às inclusões eletrônicas. Indicado para quem tem um gosto mais amplo dentro da música pesada.

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Metallica: a lista de exigências da banda em 1983Metallica
A lista de exigências da banda em 1983

Zakk Wylde: foto do arsenal de guitarras do músicoZakk Wylde
Foto do arsenal de guitarras do músico


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin