HellLight: Melodias depressivas e uma atmosfera pesada

Resenha - And Then The Light of Consciousness Became Hell - HellLight

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rodrigo Mendes Bueno
Enviar Correções  

9


O ano de 2011 está sendo um dos mais promissores para o cenário doom que há tempos não se via. Talvez pelo anunciação de que o mundo acabará em dezembro do ano que vêm, então muitas bandas nacionais e internacionais estão se empenhando em fazer verdadeiras trilhas sonoras para o final dos tempos. Veja o caso do HellLight, que há alguns anos vem nos brindando com grandes trabalhos e chegou nesse ‘and Then, The Light of Consciousness Became Hell’, atingindo o ápice de sua maturidade sonora. Com melodias extremamente depressivas, coesas e com uma atmosfera pesada, deixando o mais sorumbático ouvinte apreensivo e em dúvidas se dá cabo a vida logo ou espera até o término do CD.

publicidade

'The Light that Brought Darkness' já nos dá uma prévia do que o disco todo nos reserva, e gostaria de citar duas coisas nessa faixa. A primeira, além das belas melodias e partes climáticas de teclado/piano, os vocais limpos de Fábio me lembraram a mesma forma que o saudoso Dio costumeiramente fez em sua carreira, numa ênfase maior em seu último material com o Heaven and Hell. A segunda é a parte final da música que me trouxe a mente a faixa Blood and Iron do Bathory, onde Quorthon meio que preparava o terreno para depois envolver o ouvinte em sua grandiosa melodia.

publicidade

'Downfall of the Rain' vem dando continuidade a essa depressão sonora, trazendo uma dose recheada de teclado e vocais sinistros sendo acompanhados por um baixo pesado e preciso.

'Soaring Higher' segue na mesma linha das faixas anteriores, mas aqui ao fechar os olhos dá até para imaginar Dio sendo encarnado e cantando essa faixa, poderia ter sido a faixa mais funeral doom que o baixinho poderia ter gravado. E para fechar a faixa com um grand-finale, temos um clima que precede o solo sendo tocado com uma guitarra sem distorção e que realmente nos surpreende pelo bom gosto.

publicidade

'Children of Doom', essa música é sofrida, aqueles vocais sussurados, parece um obsessor falando la dentro de sua mente doentia, lhe fazendo recordar de sua infância e das vezes que você se sentiu rejeitado seja lá por qual tenha sido o motivo, e que deixaram marcas em sua vida.

'The Secrecy' dá uma aliviada na depressão, ou quem sabe você já não consiga mais se deprimir por estar no fundo do poço, mas essa faixa possui uns climas que consagraram o Bathory tornando-a também uma faixa boa.

publicidade

'Beneath the Light of the Moon' vem para encerrar o disco e consequentemente com a vida do cidadão, se é que terá forças para levantar após sua alma ter deixado seu corpo para deixá-lo apodrecer em vida.

Amantes de funeral doom podem ir com gosto nesse cd, que com certeza não sairá de seu playlist por um bom tempo, para os não tão familiarizados, vão com calma, porque eu não me responsabilizo por vocês.

publicidade

HellLight – and Then, The Light of Consciousness Became Hell (Solitude Prod)
1. The Light That Brought Darkness
2. Downfall Of The Rain
3. Soaring Higher
4. Children Of Doom
5. The Secrecy
6. Beneath The Light

Contatos:
http://www.helllight-doom.com/
http://metalmedia.com.br/helllight/index.php
https://www.facebook.com/pages/HellLight-Doom-Metal/13760255...
http://solitude-prod.com

publicidade


Outras resenhas de And Then The Light of Consciousness Became Hell - HellLight

HellLight: chama a atenção pelos arranjos muito bem construídos




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Rock Cristão: as principais bandas nacionaisRock Cristão
As principais bandas nacionais

Legião Urbana: a versão de Renato Rocha sobre a sua saídaLegião Urbana
A versão de Renato Rocha sobre a sua saída


Sobre Rodrigo Mendes Bueno

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin