Tenebrosus: A cena polonesa não fica só no Vader e Behemoth

Resenha - Lost and Forgotten - Tenebrosus

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Christiano K.O.D.A.
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Mais uma prova de que a cena polonesa não fica só no Vader e Behemoth. Na realidade, a Tenebrosus investe no mais violento black metal, mas não tem o reconhecimento merecido, já que poderia figurar entre as maiores bandas do mundo no estilo, e não só do seu país de origem.
5000 acessosAxl Rose: Um dos vocalistas com maior alcance5000 acessosRock in Rio: Os cachês e exigências dos artistas na edição de 1991

As músicas são muito bem gravadas, mostrando aquele black metal seco, sem elementos atmosféricos, vocais limpos ou coisas do tipo. Ufa! Referências? Pense num Dark Funeral da época do “Vobiscum Satanas”, acrescente a violência do Marduk do “Panzer Division Marduk”, e está pronta a fórmula dessa surpreendente banda.

É petardo atrás de petardo, e os riffs são bem trabalhados, melódicos à la Mayhem do “De Misteriis Dom Sathanas”. Enfim, a Tenebrosus fez uma ótima salada, pegando o melhor de cada uma dessas bandas e desceu a porrada em “Lost and Forgotten”.

São sete torpedos em que destacar algum é mera ilusão. Sério mesmo, a metralhadora aqui é absurda em todas as faixas, e os bons vocais, que embora não apresentem nada de surpreendente, completam esse time de moedores do black metal. Agora o mais chocante: as músicas são relativamente longas... como conseguem isso? Seria ajuda do tinhoso?

Dentro disso, merece registro aqui o baterista Hades, que não descansa nenhum segundo, e o mais impressionante: os bumbos duplos do cara são incrivelmente velozes e permanecem triturando as peles do instrumento por boa parte do CD. Aliás, é tão assustador que em determinados momentos parece bateria programada. Não tem nada fora do lugar, putz!

Muitos podem dizer que é apenas mais uma banda de black metal. Bem, concordo plenamente, só que eles conseguem se sobressair a inúmeras outras do estilo, e com muita honestidade, especialmente pela rapidez com que os instrumentistas executam cada composição.

Infelizmente esse é o último registro da banda, embora ela aparentemente permaneça na ativa. Um fato estranho, dada a enorme qualidade que o disco possui, e com membros tão competentes. Mas enfim, o disco é recomendado para pessoas preparadas para o mais brutal black metal que existe. Ah, e se ainda acham pouco essa avalanche, a dica é procurarem o álbum anterior – “The Fall of the Worthless Morals” – tão intenso quanto “Lost and Forgotten”. The truest!

Tenebrosous – Lost and Forgotten
Metal Mind Productions – 2004 – Polônia
http://www.myspace.com/tenebrosusband

Tracklist
1. The Hanging Void
2. Sphere of Darkness
3. Thy Weakness, My Strength
4. Lost and Forgotten
5. Voice of Ahriman
6. Torment
7. Picture of Corrupted Spectres

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Tenebrosus"

Axl RoseAxl Rose
Um dos vocalistas com maior alcance

Rock in RioRock in Rio
Os cachês e exigências dos artistas na edição de 1991

SepulturaSepultura
Saiba mais sobre as visões religiosas de Derrick

5000 acessosSupernatural: ouça 10 músicas que marcaram a série5000 acessosGuitarras: as 15 músicas mais complicadas para tocar5000 acessosRestart: Trecho de "Enter Sandman" do Metallica no VMB 20105000 acessosCharges: o que diriam as capas clássicas se pudessem falar4515 acessosMotley Crue: "Buenos Aires foi nosso melhor show!"5000 acessosHomem-Aranha: Por que ele não pode ir a shows de Metal?

Sobre Christiano K.O.D.A.

Um cara diretamente ligado ao Som Extremo, fã de livros e filmes, formado em Imagem e Som, Publicidade e Propaganda e Jornalismo. Faz parte da banda de grindcore Prey of Chaos e tem um blog dedicado à música barulhenta. Enfim, alguém que faz da música sua vida.

Mais matérias de Christiano K.O.D.A. no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online