Matérias Mais Lidas

Iced Earth: Fãs que apoiaram vaquinha de Schaffer querem dinheiro de voltaIced Earth
Fãs que apoiaram vaquinha de Schaffer querem dinheiro de volta

Iced Earth: fotos mostram Jon Schaffer segurando spray de urso no CapitólioIced Earth
Fotos mostram Jon Schaffer segurando spray de urso no Capitólio

Iced Earth: veja as seis acusações que Jon Schaffer enfrenta por invadir CapitólioIced Earth
Veja as seis acusações que Jon Schaffer enfrenta por invadir Capitólio

Iced Earth: Jon Schaffer se entrega e é preso por estar em invasão ao CapitólioIced Earth
Jon Schaffer se entrega e é preso por estar em invasão ao Capitólio

Phil Spector: Produtor, que estava preso por assassinato, morre de COVID-19Phil Spector
Produtor, que estava preso por assassinato, morre de COVID-19

Iron Maiden: debilitado, Paul Di'Anno depende de vaquinha virtual para fazer cirurgiaIron Maiden
Debilitado, Paul Di'Anno depende de vaquinha virtual para fazer cirurgia

Inesquecíveis: 50 grandes sucessos do rock e do metal que nunca saem de modaInesquecíveis
50 grandes sucessos do rock e do metal que nunca saem de moda

Metallica: Uma versão de Battery que todo headbanger sempre quis ouvirMetallica
Uma versão de "Battery" que todo headbanger sempre quis ouvir

Classic Rock: As 100 maiores músicas do século... até agora!Classic Rock
As 100 maiores músicas do século... até agora!

Metallica: há 20 anos, o grande Jason Newsted deixava a bandaMetallica
Há 20 anos, o grande Jason Newsted deixava a banda

Nirvana: Kurt Cobain cuspiu no piano de Elton John pensando ser de Axl Rose.Nirvana
Kurt Cobain cuspiu no piano de Elton John pensando ser de Axl Rose.

Rodolfo Abrantes: O sonho da minha mãe era eu voltar aos RaimundosRodolfo Abrantes
"O sonho da minha mãe era eu voltar aos Raimundos"

Paul Stanley: não consegue cantar Kiss e se arrisca no R&B? Saiba a resposta delePaul Stanley
Não consegue cantar Kiss e se arrisca no R&B? Saiba a resposta dele

Guns N' Roses: guitarrista ex-Black Crowes recusou entrar para a banda por duas vezesGuns N' Roses
Guitarrista ex-Black Crowes recusou entrar para a banda por duas vezes

Buckethead: guitarrista explica por que usa máscara e balde na cabeçaBuckethead
Guitarrista explica por que usa máscara e balde na cabeça


Matérias Recomendadas

Motley Crue: Atriz pornô comenta sua relação com Tommy LeeMotley Crue
Atriz pornô comenta sua relação com Tommy Lee

Metal Sucks: os melhores álbuns de metal do século 21Metal Sucks
Os melhores álbuns de metal do século 21

História do rock: Sexo bizarro, drogas, mortes e outros boatosHistória do rock
Sexo bizarro, drogas, mortes e outros boatos

LGBT: confira alguns músicos que não são heterossexuaisLGBT
Confira alguns músicos que não são heterossexuais

James Hetfield: Você não iria gostar de mim se soubesse minha históriaJames Hetfield
"Você não iria gostar de mim se soubesse minha história"

Baladas de Sangue
Stamp

Cannibal Corpse: Mais um clássico deste mito do Death Metal

Resenha - Kill - Cannibal Corpse

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar Correções  

9


Uma coisa não há como negar: O CANNIBAL CORPSE é a maior e mais bem sucedida banda da história do Death Metal. Se é ou não a melhor, isso depende do gosto pessoal de cada um. Mas chega a ser impressionante como uma banda que toca um estilo de som tão inacessível e que trata de temas, tanto visuais como líricos, tão perturbadores e doentios, consegue ser tão cativante e atrair uma legião de fãs tão fiéis como esse americanos conseguem.

A banda, que começou tocando um death metal mais "podrão", brutal e direto, evoluiu muito, atingindo um grau técnico de dar inveja a muitas bandas de metal progressivo, mas sem nunca perder toda a agressividade de suas composições. E "Kill", seu décimo álbum de estúdio, é mais um grande álbum, e já pode ser considerado um clássico em sua discografia.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Não, não temos nada tão brutal como a clássica "Hammer Smashed Face", ou tão técnico como "Frantic Disembowelment" neste disco. Também não é o melhor disco do CANNIBAL (álbuns como "Eaten Back to Life" e "Tomb of Mutilated" ainda continuam insuperáveis). Contudo, o grande segredo aqui é que a banda conseguiu mesclar com perfeição os elementos brutais e técnicos de sua música, atingindo um nível de qualidade excepcional.

Todos os músicos fizeram um trabalho exemplar neste CD. Pat O´Brian e Rob Barrett (que substituiu Jack Owens) criaram riffs e mais riffs ultra técnicos e agressivos, variando entre momentos mais rápidos e caóticos com outros mais cadenciados e perturbadores de forma incrível, além de realizarem solos muito bem executados. Paul Mazurkiewicz é um grande baterista, e consegue deixar toda a agressividade da banda ainda mais precisa e técnica. Já Alex Webster... bom... esse cara é um dos maiores baixistas da história, e não só do death metal, e neste trabalho mais uma vez consegue demonstrar todo o seu talento, com técnica e precisão que chegam a ser inacreditáveis. Por fim, George "Corpsegrinder" Fisher é uma verdadeira máquina de destruição, com seus urros potentes e agressivos, transmitindo toda a insanidade que este tipo de som requer.

O CD já abre quebrando tudo literalmente com a destruidora "The Time to Kill is Now", daquelas feitas para nos deixar o ouvinte com torcicolo por semanas. Na sequência vem a melhor faixa do trabalho, "Make Them Suffer" (confiram o clipe abaixo), com riffs a lá thrash metal, e com passagens muito cativantes. Um clássico imediato. Além destas, também merecem ser mencionadas as excelentes "Murder Worship", "Necrosadistic Warning" (com um refrão hipnotizante), "Death Walking Terror" (que também possui um clipe muito legal), "Brain Removal Device" e "Submerged in Boiling Flesh".

Além disso, a partir de "Kill", a banda deixou de lado capas com elementos gore/splatter, deixando-as bem mais simples, talvez para evitar os problemas de censura que todos os seus álbuns anteriores sofreram mundo afora. Contudo, a temática grotesca e repulsivas das letras continua.

Trata-se, pois, de mais um clássico deste mito do Death Metal mundial que é o CANNIBAL CORPSE, e merece estar presente em qualquer coleção. Portanto, se você ainda não conhece "Kill", corra já atrás do seu.


Kill – Cannibal Corpse
(2006 – Metal Blade Records – Importado)

Formação:
. George "Corpsegrinder" Fisher: vocal
. Pat O’Brien: guitarra
. Rob Barrett: guitarra
. Alex Webster: baixo
. Paul Mazurkiewicz: bateria

01. The Time to Kill is Now
02. Make Them Suffer
03. Murder Worship
04. Necrosadistic Warning
05. Five Nails Through the Neck
06. Purification by Fire
07. Death Walking Terror
08. Barbaric Bludgeonings
09. The Discipline of Revenge
10. Brain Removal Device
11. Maniacal
12. Submerged in Boiling Flesh
13. Infinite Misery