Abyss: Black metal absolutamente brutal e sem firulas

Resenha - Summon the Beast - Abyss

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Christiano K.O.D.A., Fonte: Som Extremo
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Isso aqui é uma obra-prima, vou logo entregando. E quem conhece o play sabe que não estou exagerando. Pensem num black metal absolutamente brutal e sem firulas, do tipo "mega true" rs. Aqui está a The Abyss, para delírio dos black metalers.

Rock Progressivo: as 25 melhores músicas de todos os temposLinkin Park: 20 coisas que você não sabe sobre a banda

Outra coisa muito legal de se dizer: conhecem um certo Peter Tägtgren, de uma tal Hypocrisy? Pois então, o dito cidadão é a mente poluída por trás da Abyss. Sim, esse projeto paralelo, que teve vida muito curta - de 1994 a 1996 - mostra (mais) uma peripécia do músico, a de ser um multi-instrumentista competentíssimo! Neste trabalho, gravou baixo e bateria, e a velocidade e habilidade do cara é impressionante. Simplesmente isso.

Mas é claro que se não fosse o resto do conjunto, provavelmente o resultado não seria tão bom. Então, méritos também para Lars Szöke, dono de uma das guitarras, e Mikael Hedlund, que completa a dupla das seis cordas. É dele também o vocal que se encaixou com perfeição ao instrumental. O timbre do cara lembra um pouco o de Abbath (Immortal), da época do "Battles in the North". Mas ainda sim, é uma voz mais enxuta, mas avassaladora.

O CD começa com a melhor faixa - "Satans Majestic Empire" - praticamente um hino do extremo underground. Novo destaque, agora para "The Arrival", a mais violenta (e põe violenta nisso) do trabalho.

Porém todas as outras músicas estão no mesmo nível, muito diretas, ultra-rápidas e cheias de riffs dotados de certa melodia. Enfim, como já falei, é daquele black metal puro, quadradão, de bandas como Marduk (mais antigo) e Dark Funeral fazem.

Produção? Bem, é só dizer que foi feita pelo próprio Tägtgren, assim como a mixagem, no seu próprio estúdio, o lendário "Abyss" (sim, o mesmo nome da banda). Detalhe: ele estava no auge da produção musical extrema mundial, e era tido como o queridinho das bandas brutais. Resumindo: qualidade de gravação excelente.

Como já foi falado, a banda durou apenas cerca de três anos, lançando dois full-length (esse aqui e o anterior - "The Other Side" - de 1995). Mas a banda foi tão marcante no cenário, que logo se tornou cult, especialmente devido a esse "Summon the Beast". Não é para menos: o material seguramente contém um dos melhores black metal do mundo.

Se vira para arrumar o seu álbum, que esse meu aqui eu sequer deixo alguém olhar! Maravilhoso!

The Abyss - Summon the Beast
Nuclear Blast - 1996 - Suécia

Tracklist
1. Satans Majestic Empire 03:47
2. Blessed with the Wrath of Evil 04:04
3. Damned 03:39
4. Summon the Beast 03:04
5. The Hymn 03:15
6. Cursed 04:29
7. Feasting the Remains of Heaven 03:22
8. The Arrival 03:41

Total playing time 29:26




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Abyss"


Rock Progressivo: as 25 melhores músicas de todos os temposRock Progressivo
As 25 melhores músicas de todos os tempos

Linkin Park: 20 coisas que você não sabe sobre a bandaLinkin Park
20 coisas que você não sabe sobre a banda

Manowar: o dia em que a banda arregou pro Twisted SisterManowar
O dia em que a banda arregou pro Twisted Sister

Heavy Metal: o Diabo e personagens bíblicas nas capasTradução - Dark Side Of The Moon - Pink FloydRunaways: Lita Ford saiu da banda por medo de assédio de companheirasDia de Coxinha: rock stars contraindo bodas

Sobre Christiano K.O.D.A.

Um cara diretamente ligado ao Som Extremo, fã de livros e filmes, formado em Imagem e Som, Publicidade e Propaganda e Jornalismo. Faz parte da banda de grindcore Prey of Chaos e tem um blog dedicado à música barulhenta. Enfim, alguém que faz da música sua vida.

Mais matérias de Christiano K.O.D.A. no Whiplash.Net.