Project46: Lembrando os melhores momentos do Hatebreed

Resenha - Doa a Quem Doer - Project46

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9


Que grata surpresa este primeiro lançamento dos paulistanos do PROJECT46. Pra quem achava que o metal cantando em nossa língua pátria não tinha qualidade, este lançamento, bem como os novos do CARRO BOMBA, COMANDO NUCLEAR, TAURUS e outros, vêm para mostrar que precisam rever seus conceitos.

Metal Progressivo: os dez melhores álbuns do estiloNirvana: 20 coisas que você não sabia sobre "Nevermind"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Rapaz, e que disco sensacional este "Doa a Quem Doer", lançado de forma totalmente independente pela banda, que toca um thrash metal moderno muito pesado e cheio de groove, com forte influência de hardcore, e até alguns elementos de death metal melódico em algumas passagens de suas excelentes composições. Lembram um pouco os melhores momentos do grande HATEBREED, mas mantendo um estilo próprio em suas composições.

Após ter lançado um EP com 4 faixas em 2009, com letras em inglês, a banda resolveu mudar todo seu foco, passando a escrever letras em português, e chega a seu debut, produzido pela banda e por Adair Daufembach, que já produziu bandas como HANGAR, PONTO NULO NO CÉU, ACE4TRAYS e HOLINESS. Alias, a produção do trabalho esta perfeita, tanto em relação à qualidade musical cristalina e pesada, como a arte gráfica, muito bem feita.

O álbum foi primeiramente disponibilizado para audição integralmente no site da banda, sendo que agora a versão física esta chegando ao mercado.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Conforme dito, o álbum é todo cantado em português, o que da um toque especial ao som do conjunto. As letras são todas muito fortes e violentas, retratando temas atuais, exarados pelas vocalizações ferozes de Caio MacBeserra. O instrumental também é excelente, com riffs pesadíssimos e solos muito inspirados de Vinícios Castellari e Jean Patton, aliados a uma cozinha muito técnica e matadora, formada pelo baixo pesadíssimo de Rafael Yamada (também responsável por alguns vocais) e pela bateria destruidora de Guilherme Figueiredo.

O disco é todo excelente, sendo que o peso e a agressividade das composições são a chave do sucesso do conjunto. As pesadas e cheias de groove "Atrás das Linhas Inimigas" e "Impunidade" já abrem o disco mostrando toda a qualidade da banda. Além destas, destacam-se "Se Quiser", cheia de grooves a lá PANTERA; a ultra agressiva "Violência Gratuita"; "Amanhã Negro", que lembra em alguns momentos ARCH ENEMY; e a melhor de todas, "No Rastro do Medo", uma obra prima da porradaria musical, cujos riffs beiram a perfeição.

Enfim, a banda lançou um debut matador, que esbanja atitude e determinação, parecendo que já estão na estrada há décadas, e tem tudo para trilhar o caminho do sucesso. Até agora, na minha opinião, a grande revelação de 2011, e este "Doa a Quem Doer" já está na minha lista de melhores lançamentos do ano.

Doa a Quem Doer - Project46
(2011 - Independente - Nacional)

Formação

Caio MacBeserra - Voz
Vinicius Castellari - Guitarra
Jean Patton - Guitarra
Rafael Yamada - Baixo e voz
Guilherme Figueiredo - Bateria

Tracklist

01. 809072
02. Atrás das Linhas inimigas
03. Impunidade
04. Capa de Jornal
05. Se Quiser
06. Violência Gratuita
07. Amanhã Negro
08. #46
09. Dor
10. No Rastro do Medo
11. Acorda pra Vida


Outras resenhas de Doa a Quem Doer - Project46

Project46: Dá pau em qualquer banda gringa do estilo Project46: Para quem aprecia Pantera, Hatebreed e afins



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Project46"


Metal Nacional: Confira bandas que se destacaram em 2015Metal Nacional
Confira bandas que se destacaram em 2015

Bill Hudson: BR bangers são persecutivos e têm baixa autoestimaBill Hudson
BR bangers são persecutivos e têm baixa autoestima


Metal Progressivo: os dez melhores álbuns do estiloMetal Progressivo
Os dez melhores álbuns do estilo

Nirvana: 20 coisas que você não sabia sobre NevermindNirvana
20 coisas que você não sabia sobre "Nevermind"


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL Cli336x280 CliInline