Zombie Cookbook: Death, Thrash e Grind somente em vinil

Resenha - Cinetrash - Zombie Cookbook

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

9


Oras, ainda existem bandas que conseguem surpreender! A história aqui começa com cinco caras de Joinville (SC) que morreram em 2010, mas se recusaram a descansar em paz e resolveram infernizar a vida do povo daquela cidade tão abafada... Para tal, montaram o sugestivo Zombie Cookbook e desde então estão fazendo muito barulho por aí. Esse é um resumo discreto, mas o fato é que todo o melodrama mal-cheiroso se espalhou para tão longe que os zumbis conseguiram um contrato com a Fudgeworthy Records, gravadora lá dos Estados Unidos, e estão estreando com o EP "CineTrash".

E sabe a notícia mais curiosa sobre "CineTrash"? Este registro está sendo liberado somente no formato VINIL (yeah!), na cor vermelha e no formato de sete polegadas (suponho que a geração iPod não tenha entendido muita coisa...). A ilustração da capa é incrível, com um logotipo feito de tripas que é o mais bem sacado dos últimos anos, além de o interior da capa seguir todo o estilo dos quadrinhos clássicos de terror.

publicidade

Musicalmente, a proposta é uma mescla muito madura de Death, Thrash, Grind e pitadas de Heavy Metal propriamente dito, com uma temática que, como não poderia deixar de ser, oscila entre zumbis, gore e filmes de terror de quinta categoria. Ou seja, são cinco faixas que cronometram cerca de 15 minutos de Heavy Metal dos mais esporrentos e que remete diretamente às raízes do gênero, tendo em "Buzano The House Of Blind Dead" e "V.O.D.U.N." ótimos exemplos da capacidade musical destas figuras.

publicidade

Como este EP é importado, as vendas no Brasil estão sendo feitas exclusivamente pelo próprio Zombie Cookbook. Mas fica o aviso: a tiragem é limitada, então, os amantes do sempre simpático vinil que não dêem bobeira, ou ficarão sem este item de colecionador! Sem contar que, do jeito que os caras estão se decompondo - o guitarrista Guinea Pig perdeu seus braços e não consegue mais tocar - vai saber até quando estes zumbis estarão tropeçando por aí... De qualquer forma, este escriba admite que já se tornou fã dessas salmonelas esverdeadas!

publicidade

Contato:
http://www.myspace.com/zombiecookbook
[email protected]

Formação:
Dr. Stinky - voz
Horace Bones - guitarra
Hellsoldier - baixo
Dr. Freudstein - bateria

Zombie Cookbook - CineTrash
(2011 / Fudgeworthy Records – importado)

Lado A (Cine-Side):
01. Feastering Humans At Dusk
02. I Sell The Dead
03. Buzano The House Of Blind Dead

publicidade

Lado B (Trash-Side):
04. Let The Sleeping Corpses Lie
05. V.O.D.U.N.


Outras resenhas de Cinetrash - Zombie Cookbook

Zombie Cookbook: Pesado, veloz, furioso e bem feito




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Guns N Roses: Bon Jovi fez com Steven Tyler o que ele fez com AxlGuns N Roses
Bon Jovi fez com Steven Tyler o que ele fez com Axl

Raimundos: O verdadeiro motivo para a saída de Rodolfo da bandaRaimundos
O verdadeiro motivo para a saída de Rodolfo da banda


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin