Matérias Mais Lidas

imagemAs seis músicas do Metallica que Dave Mustaine ajudou a escrever

imagemAnitta é a maior roqueira que existe hoje no Brasil, diz integrante do Titãs

imagemSérgio Moro elege banda clássica de Rock como sua favorita

imagemJoão Gordo relembra proposta de fazer propaganda de calmante com Dado Dolabella

imagemAs faixas do "Black Album" que James Hetfield e Lars Ulrich não curtem

imagemJanis Joplin: última gravação dela em vida foi feita para um Beatle

imagemRock in Rio: Pitty alfineta a produção do festival ao revelar qual seria sua exigência

imagemQuando Derico, do Programa do Jô, descobriu que Ian Anderson tocava tudo errado

imagemRegis Tadeu expõe como Spotify e YouTube fazem falcatrua para fraudar views

imagemJoão Guilherme, filho do Faustão, critica atual falta de interesse dos jovens pelo rock

imagemO hit da Legião que Renato Russo compôs para Cássia Eller e traz coincidência trágica

imagemMichael Sweet posta nude cristão para satirizar foto de Tommy Lee com a baqueta de fora

imagemBruce Dickinson revela qual é sua música preferida do Iron Maiden

imagemVídeo de clássico do Kiss é disponibilizado no canal oficial da banda

imagemPrika diz que fez "tudo errado" na primeira turnê da Nervosa, mas aprendeu lição


Dream Theater 2022

Dalriada: Grandiosa e poderosa atmosfera épica e medieval

Resenha - Ígéret - Dalriada

Por Renato Trevisan
Em 26/02/11

Nota: 9

Falar sobre Dalriada é chover no molhado, já que banda é um exemplo de competência e criatividade dentro do mundo Folk. A banda se utiliza de melodias pesadas, arranjos épicos e folclóricos aliados aos vocais poderosos e precisos da lindíssima Laura Binder, fazendo com que o som do grupo Húngaro seja único e incrível. Além da vocalista, as letras cantadas em Húngaro dão um charme a mais a banda, tanto que o nome de seus álbuns são os meses do ano em Húngaro antigo, logo "Ígéret" significa "maio". (:

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

"Ígéret", lançado dia 12 desse mês, pela AFM Records, é o quarto álbum lançado pela banda após a mudança de nome ocorrida em 2007 e, novamente, traz todas as características do grupo, mas dessa vez notamos algumas mudanças nas estruturas e solos - principalmente os de teclado, que ficaram "alá Dream Theater" - de algumas canções, principalmente na segunda música, onde temos um solo muito estranho, e parece mais uma música Country do que Folk Metal em si. Mas fora isso, os elementos Folk trazem a tona uma grandiosa e poderosa atmosfera épica e medieval que perduram durante toda a audição, com passagens extremamente envolventes.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Os vocais são extremamente bem encaixados, com duetos incríveis por parte de Laura e András Ficzek -guitarrista da banda - ou com os guturais de Tadeusz Rieckmann - baterista. O contraste entre a voz doce de Laura com os vocais masculinos e mais agressivos são algo que chamam a atenção desde o primeiro lançamento da banda, além dos coros épicos que entoam refrões incríveis, transbordando inspiração e toda aquela "magia" que o Folk Metal tem. Já o instrumental do grupo é perfeito, guitarras muito bem entrosadas, sempre pesadas mas melódicas, que aliada aos teclados, ajudam a compor a atmosfera das canções. Já a cozinha é destruidora, principalmente a bateria, que esbanja técnica e groove.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Acho que temos aqui, um forte candidato a melhor álbum de 2011, com banda e produção impecáveis. Eu poderia escrever páginas e mais páginas apenas tecendo elogios ao Dalriada, mas é melhor que vocês escutem e comprovem por si só. Em suma, uma aula de como se fazer música de qualidade, onde ritmo é contagiante e poderoso.

Intro - 02:43
Hajdútánc - 04:59
Hozd el, Isten - 04:33
Mennyei Harang - 06:17
Ígéret - 04:37
Igazi Tûz - 04:42
Kinizsi Mulatsága - 04:19
A Hadak Útja - 06:41
Leszek A Csillag - 05:50
Leszek A Hold - 06:14
Outro - 00:50

Line-up:
Laura Binder - Vocals
András Ficzek - Vocals, Guitars
Mátyás Németh Szabó - Guitars
István Molnár - Bass
Barnabás Ungár - Keyboards, Backing Vocals
Tadeusz Rieckmann - Drums, Harsh Vocals

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Session / guest musicians:
Jonne Järvelä - Vocals (Korpiklaani)
Attila Fajkusz - Violin, Tambourine
Gergely Szõke - Viola, Lute
Ernõ Szõke - Doublebass

Fonte:
http://ocaralhoa4.blogspot.com/

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Fotos de Infância: Gene Simmons, do Kiss

Marilyn Manson: ele removeu costelas para praticar autofelação?