Epica: um álbum elaborado e executado à perfeição

Resenha - Design Your Universe - Epica

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Lucas Mosca, Fonte: poeiraZine
Enviar Correções  


A banda fundada por Mark Jansen, ex-guitarrista do After Forever, segue a pleno vapor. Após o celebrado ao vivo "The Classical Conspiracy" (2009), disco no qual o Epica reuniu-se com a Extended Remenyi Ede Chamber Orchestra, de 40 músicos e um coral de 30 membros, durante o Miskolc International Opera Festival, na Hungria, em 14 de junho de 2008, a banda acaba de lançar "Design Your Universe". Lançado pela gravadora Nuclear Blast, mal o álbum saiu e já está sendo considerado um clássico pela crítica em geral. E não era para menos.

Sepultura: Rafael Bittencourt participa de "Jasco & Kaiowas"

Iron Maiden: Rachel Sheherazade é uma grande fã da banda

Se o conjunto, fundado no final de 2002, já havia conseguido explorar de maneira satisfatória as esferas da música clássica em conjunto com as bases tradicionais do heavy metal em seus trabalhos anteriores, como "The Divine Conspiracy" (2007), "Consign to Oblivion" (2005) e "The Phantom Agony" (2003), agora ele alcançou um nível extraordinário, tanto em termos de composição e arranjos como de letras, entrosamento e, sobretudo, feeling.

Simone Simons, a vocalista à frente do grupo, já figurava como uma das mais belas e envolventes vozes do metal contemporâneo, ao lado das não menos talentosas e bonitas Tarja Turunen, ex-vocalista do Nightwish - que agora segue carreira solo -, Sharon den Adel, do Within Temptation, e Leave Kristine, do Leave´s Eyes, para ficarmos apenas em três exemplos. Nesta nova obra do Epica, Simone aperfeiçoou ainda mais sua técnica, variando com extrema desenvoltura entre o canto lírico e o popular, em todas as 13 faixas do play. "Tides of Time" é a música em que essa habilidade vocal se torna ainda mais latente. Ouça-a e comprove (só tome cuidado para não se emocionar demais...).

Mas, como já apontado acima, não é só Simone que dá show neste álbum. É impressionante como Jansen, o principal compositor e mentor da banda, toca sua guitarra sem torna-se, em certos momentos, cansativo – como ocorrido nos outros discos do Epica -, mesmo em músicas de 6, 9 e 13 minutos. Além dos riffs repletos de peso – a exemplo de "Semblance of Liberty" - e solos inspirados, o músico também cria linhas mais complexas e viajantes, sem perder a mão, como no caso de "Kingdom of Heaven". Uma evolução e tanto!

Há poucos anos, quando se ouvia um disco do grupo holandês, parecia que algo ficava faltando. Era como se o Epica ainda não tivesse conseguido encaixar todas as peças de seu vasto repertório em seu quebra-cabeça musical.

Felizmente, o grupo se encontrou totalmente. Em "Design Your Universe", tudo parece ter sido elaborado, e executado, à perfeição. É o tipo de trabalho que faz você ouvi-lo sem parar. Que não enjoa. Que parece melhor a cada audição. Em suma: é o melhor disco do Epica, como também o melhor CD de 2009.

Tracklist:
01. Samadhi (Prelude)
02. Resign to Surrender: A New Age Dawns, Part IV
03. Unleashed
04. Martyr of the Free Word
05. Our Destiny
06. Kingdom of Heaven: A New Age Dawns, Part V
07. Price of Freedom (Interlude)
08. Burn to a Cinder
09. Tides of Time
10. Deconstruct
11. Semblance of Liberty
12. White Waters
13. Design Your Universe: A New Age Dawns, Part VI


Outras resenhas de Design Your Universe - Epica

Epica: mainstrean sem perder a essência ou abrandar o peso

Epica: fã clube comenta "Design Your Universe"


adWhipDin adWhipDin adWhipDin