Sebastian Bach: ainda muito para oferecer ao público

Resenha - Angel Down - Sebastian Bach

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8


Mesmo aparecendo em diversos projetos ao longo dos anos, é inegável que demorou muito tempo para Sebastian Bach tomar coragem e liberar um trabalho com a 'cara' de um real álbum-solo. "Angel Down" se tornou este tão esperado disco e conta com um time de músicos excelentes, em especial a dupla de guitarristas Metal Mike Chlasciak (Halford) e Jhonny Chromatic, além do conhecido talento de Roy Z (Bruce Dickinson, Rob Halford, Judas Priest), que produziu e co-escreveu várias das novas canções.

O futuro do Rock nacional: bandas autorais devem "se tocar"O tempo não para: fotos do antes e depois de alguns rockstars

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Angel Down" traz Sebastian Bach cantando das mais variadas formas e se saindo incrivelmente bem em todas elas. Com o Hard Rock que o consagrou se apresentando de forma bastante reduzida, o disco realmente dá ênfase à faceta Heavy Metal de que o vocalista sempre admitiu ser fã, seja flertando com ocasionais momentos mais modernos, adotando arranjos inesperadamente influenciados pelo velho Thrash e NWOBHM, ou indo mais além ao buscar referências lá nos anos 70.

Toda esta fusão de estilos proporciona muita coisa boa por aqui. O início avassalador com a incisiva "Angel Down" e "You Don't Understand" possuem guitarras tão pesadas que mostram que Bach não está a fins de viver do passado. E estes nem são os momentos mais agressivos, que ficam marcados mesmo é por "Stuck Inside", "Negative Light", "Live & Die" e "American Metalhead" (originalmente gravada pelo Painmuseum).

Mesmo não fazendo muito sentido que três canções de um álbum que demorou tanto para ser parido tragam a voz de Axl Rose, o fato é que este continua em forma e atrai muito das atenções no disco-solo de seu amigo. A versão para "Back In The Saddle" (Aerosmith), o alto astral de "(Love Is) A Bitchslap" e "Stuck Inside", todas onde ambos os vocalistas dividem o microfone, ficaram ótimas pelo dinamismo adquirido.

Toda a distorção do disco dá espaço às baladas "By Your Side" e "Falling Into You", com as respectivas colaborações de Roy Z e Desmond Child, onde a primeira prima por mostrar certa semelhança com a clássica "I Remember You" (Skid Row), e a segunda já apela para um pop escancarado que acaba por se descaracterizar do restante do repertório.

É claro que a química dos músicos envolvidos fazem com que "Angel Down" seja muito diferente do que foi feito pelo Skid Row em seus anos de glória. E, apesar de toda a expectativa gerada, a realidade é que Sebastian Bach voltou com um disco que, longe de ser espetacular, acaba por mostrar que tanto Bach quanto Rose ainda tem muito para oferecer ao público, mesmo que insistam em permanecer nas sombras e não lançar mais discos - seja por entraves burocráticos ou mera insegurança mesmo...

Formação:
Sebastian Bach - voz
Metal Mike Chlasciak - guitarra
Jhonny Chromatic - guitarra
Steve DiGiorgio - baixo
Bobby Jarzombek - bateria

Sebastian Bach - Angel Down
(2007 / EMI Music - nacional)

01. Angel Down
02. You Don't Understand
03. Back in the Saddle
04. Love Is A Bitchslap
05. Stuck Inside
06. American Metalhead
07. Negative Light
08. Live And Die
09. By Yourside
10. Our Love Is A Lie
11. Take You Down With Me
12. Stabbin' Daggers
13. You Bring Me Down
14. Falling Into You

Homepage: www.sebastianbach.com


Outras resenhas de Angel Down - Sebastian Bach

Sebastian Bach: um clássico em sua carreiraSebastian Bach: paulada metálica tradicionalSebastian Bach: o álbum mais pesado da carreiraSebastian Bach: de volta ao hard que o consagrouResenha - Angel Down - Sebastian Bach




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Sebastian Bach"


Bon Jovi: Primórdios, New Jersey e as Tretas com Axl Rose e Sebastian Bach (vídeo)Bon Jovi
Primórdios, New Jersey e as Tretas com Axl Rose e Sebastian Bach (vídeo)

Skid Row: Trujillo incentivou Bach a se reconectar com ex-colegas de bandaSkid Row
Trujillo incentivou Bach a se reconectar com ex-colegas de banda


O futuro do Rock nacional: bandas autorais devem se tocarO futuro do Rock nacional
Bandas autorais devem "se tocar"

O tempo não para: fotos do antes e depois de alguns rockstarsO tempo não para
Fotos do antes e depois de alguns rockstars


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

adGoo336