Iced Earth: o álbum menos agressivo da discografia

Resenha - Framing Armageddon (Something Wicked Part I) - Iced Earth

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

8


Apesar de "The Glorious Burden" (04) ser um disco excelente, infelizmente não obteve plena aceitação por contar com Tim Owens cantando pela primeira vez no Iced Earth, e em músicas que não haviam sido originalmente compostas para sua voz. Isso não quer dizer que sua atuação tenha sido questionável, pelo contrário, mas nunca é fácil substituir as vozes de uma banda já consagrada, ainda mais quando o antigo vocalista era ninguém menos do que o carismático Matthew Barlow.

Bom, agora a situação é outra. Depois de quase uma década, o (para muitos) tirano Jon Schaffer resolveu desenvolver a estória de "Something Wicked", a canção dividida em três partes que encerrava o clássico "Something Wicked This Way Comes" (98). "Framing Armageddon" é um projeto dividido em duas partes – a segunda tem como previsão ser lançada no início de 2008 – e com certeza é o trabalho mais ambicioso já liberado pelo Iced Earth.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Este CD é repleto de introduções, interlúdios e canções bem curtas, com percussões, ritmos tribais, sonoridades orientais, e um cuidado todo especial com as vozes de fundo que, sejam masculinas ou femininas, estão magníficas e carregam todo o ambiente com muita dramaticidade e pompa. Assim sendo, tudo aqui transmite uma sensação muito diferente de seus registros anteriores em função do uso de tantas atmosferas para narrar a epopéia cósmica dos Setians (primeiros habitantes da Terra) e do anti-herói Set Abominae.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O resultado é que "Framing Armageddon", mesmo com canções realmente pesadas, se tornou o trabalho menos agressivo da discografia do Iced Earth. Como todo o foco principal é mais orientado para o épico e bombástico, é natural que toda a força do Heavy Metal propriamente dito seja ofuscada. Ok, em um álbum conceitual os arranjos devem se ajustar à estória, mas muita gente vai se incomodar com o fato de a banda praticamente abolir sua faceta Thrash Metal, ou então pela ausência generalizada de solos de guitarras realmente marcantes – a única exceção é o de "Order Of The Rose".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

De qualquer forma, há vários destaques como a faixa-título, que se sobressai por ser realmente direta e pesada; "Ten Thousand Strong" (que já havia aparecido no EP "Overture Of The Wicked"), ou a longa "The Clouding", uma balada melancólica que se desenvolve em algo realmente inesperado. A conhecida sonoridade da banda ficou espetacular com o acréscimo do teclado Hammond na pesadíssima "The Domino Decree" e, por fim, a enigmática "When Stars Collide (Born Is Me)", praticamente um cântico arcano.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

No final da audição, conclui-se que Jon Schaffer e Tim Owens são as grandes estrelas de "Framing Armageddon". O primeiro por ser um compositor de primeira, e é óbvio que estas canções exigiram muito de sua capacidade criativa. Owens é surpreendente, e, por mais venha a dividir opiniões, não há como negar a energia que emana dos alto-falantes quando este cara canta ou grita.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Músicos:
Tim Owens - boz
Jon Schaffer - guitarras, violão e baixo
Brent Smedley - bateria

Troy Seele - solos em 5, 6, 10, 12, 14, 17
Tim Mills - guitarra em 7
Dennis Hayes - baixo em 7 e 12
Jim Morris - guitarra em 16
Howard Helm - teclados e Hammond

Iced Earth - Framing Armageddon - Parte 1
(2007 / SPV / Steamhammer - Hellion Records - nacional)

01. Overture
02. Something Wicked Part 1
03. Invasion
04. Motivation Of Man
05. Setian Massacre
06. A Charge To Keep
07. Reflections
08. Ten Thousand Strong
09. Execution
10. Order Of The Rose
11. Cataclysm
12. The Clouding
13. Infiltrate And Assimilate
14. Retribution Through The Ages
15. Something Wicked Part 2
16. The Domino Decree
17. Framing Armageddon
18. When Stars Collide (Born Is Me)
19. The Awakening

publicidade

Formação: www.icedearth.com




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Iced Earth: primeiro disco será lançado em edição remasterizada; ouça prévia

Iced Earth: comemorando 30 anos com versão remixada e remasterizada do 1º discoIced Earth
Comemorando 30 anos com versão remixada e remasterizada do 1º disco

Iced Earth: Jon Schaffer se reúne com Matt Barlow para gravar músicas natalinasIced Earth
Jon Schaffer se reúne com Matt Barlow para gravar músicas natalinas


Iced Earth: Dê armas às pessoas, eduque-as e resolva o problemaIced Earth
"Dê armas às pessoas, eduque-as e resolva o problema"

Sedentos por Sangue: confira 5 belas canções sobre VampirosSedentos por Sangue
Confira 5 belas canções sobre Vampiros


Postura: 12 coisas que você nunca deve dizer a um músicoPostura
12 coisas que você nunca deve dizer a um músico

Iron Maiden: as dez melhores músicas, segundo a LoudwireIron Maiden
As dez melhores músicas, segundo a Loudwire


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

Cli336 Cli336 Cli336 Cli336 Cli336 WhiFin