RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemTodos os rockstars que já recusaram ser condecorados pela rainha Elizabeth II

imagemMembro do Guns N' Roses vai na Galeria do Rock de SP e compra camiseta oficial

imagemAxl e o pequeno gesto com Slash comprovando que as tretas do passado ficaram pra trás

imagemA banda que mostrou no Rock in Rio como se faz um show num festival gigantesco

imagemO hit de Cazuza feito durante internação e que seria indireta para affair Ney Matogrosso

imagemO dia que Renato Russo colocou companheiro da Legião em saia justa após piti homérico

imagemA curiosa origem da rivalidade Sepultura x Sarcófago, segundo Jairo Guedz

imagemEpica anuncia EP com convidados inesperados; assista o primeiro clipe aqui

imagemRafael Bittencourt confessa ambições no início do Angra: "Queria derrubar o Metallica!"

imagemPink Floyd: Snowy White ensina como evitar o lado "feroz" de Roger Waters

imagemO motivo que fazia Ozzy Osbourne não se sentir "tão importante" no Black Sabbath

imagemA chave oculta no disco do Led Zeppelin que Raul usou para abrir as portas do conhecimento

imagemCinco perrengues que todo headbanger já passou em algum show de metal

imagemO hino que o Iron Maiden quase não gravou pois o autor achou que era "muito comercial"

imagemOs dois rockstars que influenciaram Casagrande a entrar no mundo das drogas


Stamp

Camouflage: na fonte do Depeche Mode

Resenha - Relocated - Camouflage

Por Ricardo Seelig
Em 03/07/07

publicidade

Nota: 8

O Depeche Mode, além de ser uma das maiores bandas dos anos oitenta, talvez seja a mais influente daquela época. Toda essa nova onda eletro, darkwave, EBM, tão em voga na Europa atualmente, bebe diretamente no som dos ingleses. Os veteranos alemães do Camouflage não fogem à regra.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ainda que a banda tenha iniciado suas atividades em 1983, ou seja, mais ou menos na mesma época do Depeche Mode (que foi fundado em 1979), a carreira do Camouflage possui duas fases distintas. Na primeira, o grupo lançou cinco álbuns ("Voices & Images" em 1988, "Methods Of Silence" em 1989, "Meanwhile" em 1991, "Bodega Bohemia" em 1993 e "Spice Crackers" em 1995), e, após a saída do tecladista Oliver Kreyssig, fez uma pausa.

Depois de um hiato de oito anos, Kreyssig retornou ao Camouflage, e a banda voltou a lançar um álbum com músicas inéditas em 2003, o aclamado "Sensor". "Relocated" é, portanto, o segundo trabalho desta nova fase, e apresenta em suas quatorze faixas um som que bebe fartamente no synth pop dos anos oitenta (de nomes como New Order e Information Society, apesar de a influência mais evidente continuar sendo o Depeche Mode), atualizando-o para uma nova geração de ouvintes.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O ritmo das canções é mais lento, e não tem nada a ver com aqueles bate-escadas rapidíssimos em que a música eletrônica se transformou da segunda metade da década de noventa em diante. O Camouflage, como bom remanescente dos anos oitenta, aposta mais nas melodias, nas camas de teclados e no clima das canções do que na rapidez das batidas. O resultado é um som que possui uma clara atomosfera dark e eventuais elementos industriais, evidenciados ainda mais pelo timbre grave do vocalista Marcus Meyn.

Como destaque, chamam a atenção faixas como "The Perfect Key", o single "Motif Sky", "The Pleasure Remains" (cuja estrutura lembra o Pet Shop Boys) e a abertura, com a grudenta "We Are Lovers" (onde a influência do Depeche fica escancarada).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Um álbum indicado não apenas para saudosistas oitentistas, mas também para quem curte um som eletrônico repleto de nuances e feito com muito talento.

Faixas:
1. Memory
2. We Are Lovers
3. Motif Sky
4. Real Thing
5. Passing By
6. Confusion
7. The Perfect Key
8. Stream
9. Dreaming
10. The Pleasure Remains
11. Bitter Taste
12. Something Wrong
13. Light
14. How Do You Feel?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

NFL Steve Harris


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Fotos de Infância: Gene Simmons, do Kiss

Marilyn Manson: ele removeu costelas para praticar autofelação?


Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig.