RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemLed Zeppelin e a bateria que ninguém acreditava que um ser humano conseguiria tocar

imagemJovens sem noção vandalizam o lugar da capa de estreia do Black Sabbath

imagemRegis Tadeu e os cinco grandes vocalistas que o mundo do Rock não dá valor

imagemArch Enemy e Behemoth tocarão no Brasil em novembro; confira datas e locais

imagemO hit da Legião Urbana que utiliza recurso sonoro consagrado pelos Beatles

imagemJô Soares comprou uma obra de arte do Rock por causa do Regis Tadeu

imagemLars Ulrich sobre "Fade to Black": Frequentemente sinto haver dois Metallicas

imagemA curiosa ligação vocal entre Ney Matogrosso e Andre Matos, segundo Bruno Sutter

imagemA música do Metallica que James não queria apresentar aos outros integrantes

imagemJoão Gordo explica porque Anitta está fazendo o que as bandas de Rock deviam fazer

imagemFãs detonam produção do Knotfest após anúncio do Pantera

imagemO curto e grosso motivo pelo qual Zappa vetava que seus músicos usassem coisas químicas

imagemAmy Lee surpreende ao escolher os melhores cantores (e cantoras) de todos os tempos

imagemO carinhoso jeito de Axl Rose se desculpar com sua equipe pelo seu jeito imprevisível

imagemDee Snider diz que faliu na década de 1990 e fingia ser outra pessoa


2022/07/09
2022/08/18

Resenha - Origin - Borknagar

Por Ben Ami Scopinho
Em 25/01/07

Nota: 8

A expectativa em torno do sétimo álbum do Borknagar gerou algumas discussões interessantes por aí. "Origin" é o primeiro registro acústico de uma banda respeitada há anos por todo o underground mundial pela consistência de seu Black Metal épico e sinfônico. Mas um álbum no formato acústico é um passo natural por aqui, pois o esqueleto das canções dos discos destes noruegueses sempre se iniciou através dos arranjos dos violões do guitarrista e mentor Oystein G. Brun.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O único elemento conhecido que o Borknagar ainda mantém são as letras que abordam a natureza e o desenvolvimento humano, tantas vezes conflitante. Até mesmo o vocalista Vintersorg tirou de pauta suas linhas vocais urradas, cantando somente de forma limpa e naturalmente tendo um desempenho de primeira. Então, para quem aprecia bandas de Heavy Metal que liberam discos no formato acústico, "Origin" terá grandes chances de agradar, principalmente por mostrar um conjunto que faz música acústica com certa preocupação em não soar acessível.

A inspiração e sinergia estão em alta e a colaboração de vários convidados engrandece ainda mais o disco. Todos fazem um belíssimo trabalho com violões, teclados, violinos, cello, flautas e percussão, tendo como resultado arranjos em muitos momentos complexos e sofisticados, quase progressivos, e com grande influência da música clássica e folclórica européia.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Impossível não se impressionar pela atmosfera relaxante de "Cynosure", que vai crescendo e tomando contornos épicos; ou "The Human Nature", que apresenta Vintersorg interpretando de maneira fenomenal, além da bonita sonoridade do cello dando um maior volume aos dedilhados de violão. Merece citação também "Oceans Rise", cujo título soará familiar aos headbangers que acompanham a discografia do Borknagar, pois esta canção saiu originalmente no álbum "The Archaic Course" (97) e agora foi totalmente reestruturada, tornando-se praticamente irreconhecível, mas não por isso menos eficiente, em especial pela presença belíssima de sons de órgão.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O único ponto que deixa a desejar é a curta duração de "Origin". São aproximadamente 36 minutos apenas e, convenhamos, é muito pouco, principalmente quando as canções agradam pela coerência e beleza dos arranjos. Mas tudo bem, o jeito é apertar "play" novamente...

Formação:
Vintersorg - voz, guitarra e teclados
Oystein G. Brun - guitarra
Lars A. Nedland - teclado
Asgeir Mickelson - bateria

Músicos convidados:
Steiner Ofsdal - flautas
Sareeta - violino
Thomas Nilsson - cello

Borknagar – Origin
(2006 / Century Media Records – importado)

01. Earth Imagery
02. Grains
03. Oceans Rise
04. Signs
05. White
06. Cynosure
07. The Human Nature
08. Acclimation
09. The Spirit Of Nature

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Homepage: www.borknagar.com

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Metallica: As 5 melhores versões de terceiros dos seus clássicos

Noruega: 15 grandes bandas formadas no país do black metal

Metal norueguês: as dez melhores bandas segundo o About.com

Ultimate Classic Rock: os 100 maiores clássicos do rock

Supergrupos: Os melhores e piores na opinião da Metal Hammer


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre

Mais matérias de Ben Ami Scopinho.