Resenha - On An Island - David Gilmour

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Cleyton Lutz
Enviar Correções  


Após 22 anos, o guitarrista/vocalista do Pink Floyd, David Gilmour, gravou um novo trabalho solo. "On an Island" marca a volta do cantor a um estúdio, algo que não acontecia desde o álbum "Division Bell", ainda com o Pink Floyd. Contando com a participação de músicos como Robert Wyatt (ex-Soft Machine), Rick Wright (Pink Floyd) e da dupla Crosby e Nash (do trio Crosby, Still e Nash), o álbum é a empreitada mais ousada do cantor em sua carreira solo.

David Gilmour: veja vídeo oficial de canção inédita com a filha

Slash: por que ele usa óculos escuros o tempo todo?

O disco começa com ‘Castellorizon’. A música é uma viagem sonora com sons ambientes que remetem a uma ilha, seguida de uma passagem instrumental. É claro que não faltam as guitarras de Gilmour, sua marca registrada. A música serve de introdução para ‘On an Island’. É o fim da viagem e o começo de músicas mais centradas na melodia e bem tristes, é verdade. Com ‘The Blue’, a impressão é que a melancolia vai tomar conta do álbum – como o nome da música pode sugerir. Mas em seguida surge ‘Take a Breath’. Ao melhor estilo Pink Floyd com Syd Barret – só para ilustrar, Gilmour foi professor de guitarra de Barret – a faixa tem distorções e uma atmosfera que lembram os primórdios floydianos.

‘Red Sky at Night’ é uma canção instrumental curta que serve de transição para ‘This Heaven’. Um bluezão desleixado que mostra a variação rítmica interessante criada pelo álbum. A faixa seguinte é ‘Then I Close My Eyes’. Apesar de se tratar de um belo instrumental, a música passa quase despercebida perante as demais músicas do gênero presente no disco. ‘Smile’ dispensa comentários. Escrita por Gilmour em parceria com sua esposa Polly Samson, a música entrou no DVD "David Gilmour in Concert", gravado em 2002. Com a ‘A Pocketful of Stones’ o disco começa a se encaminhar para o fim. Nesta canção, um tanto quanto surpreendente, o destaque é a combinação entre melodia e instrumentos de cordas. Interessantíssima. E o álbum se finaliza com ‘Where We Star’, uma música discreta, não faz jus à qualidade do disco.

Uma audição de "On an Island" soa interessante. O álbum mostra um Gilmour cada vez mais desvinculado do som do Pink Floyd dos tempos em que Roger Waters ainda estava na banda. Desde que o baixista saiu, Gilmour começou a moldar o som do Pink Floyd e da sua carreira solo a sua cara. Por vezes, ambos os sons se cruzam, sempre com "padrão David Gilmour de qualidade". "On an Island" está longe de ser uma revolução, mas mesmo com todas as diferenças, a voz de Gilmour e seus solos de guitarra nos colocam mais perto do Pink Floyd. E isso é muito bom!

Faixas:
1. Castellorizon (3:56)
2. On An Island (6:49)
3. The Blue (5:28)
4. Take A Breath (5:48)
5. Red Sky At Night (2:53)
6. This Heaven (4:26)
7. Then I Close My Eyes (5:29)
8. Smile (4:05)
9. A Pocketful of Stones (6:20)
10. Where We Start (6:46)

Gravadora: Sony
Ano: 2006

Produção: David Gilmour, Phil Manzanera e Chris Thomas

Músicos:
BJ Cole
Andy Newmark
Georgie Fame
David Crosby
Graham Nash
Jools Holand
Willie Wilson


Outras resenhas de On An Island - David Gilmour

Resenha - On An Island - David Gilmour

Resenha - On An Island - David Gilmour




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


David Gilmour: veja vídeo oficial de canção inédita com a filhaDavid Gilmour
Veja vídeo oficial de canção inédita com a filha

David Gilmour: ouça Yes, I Have Ghosts, primeira música dele em 5 anosDavid Gilmour
Ouça "Yes, I Have Ghosts", primeira música dele em 5 anos

Pink Floyd: David Gilmour e Nick Mason não são do mesmo saco, diz Roger WatersPink Floyd
David Gilmour e Nick Mason não são do mesmo saco, diz Roger Waters

Nirvana: violão de Kurt supera guitarra de David Gilmour e se torna o mais caro do mundoNirvana
Violão de Kurt supera guitarra de David Gilmour e se torna o mais caro do mundo

David Gilmour: músico do Pink Floyd lançará primeira canção inédita em 5 anosDavid Gilmour
Músico do Pink Floyd lançará primeira canção inédita em 5 anos

David Gilmour: quando ele, por engano, foi barrado de um show de Steven WilsonDavid Gilmour
Quando ele, por engano, foi barrado de um show de Steven Wilson


David Gilmour: em vídeo, as mudanças em sua aparência de 1965 a 2019David Gilmour
Em vídeo, as mudanças em sua aparência de 1965 a 2019

Pink Floyd: David Gilmour conta por que resolveu leiloar coleção de guitarrasPink Floyd
David Gilmour conta por que resolveu leiloar coleção de guitarras


Slash: por que ele usa óculos escuros o tempo todo?Slash
Por que ele usa óculos escuros o tempo todo?

Steven Tyler: vocalista admite que já queimou a roscaSteven Tyler
Vocalista admite que já queimou a rosca


Sobre Cleyton Lutz

Estudante de Jornalismo, mora em Guarapuava, PR. Adora escrever sobre futebol e rock 'n' roll. Sobre música, adora o Hardão Setentista (Grand Funk, Uriah Heep, Deep Purple, Led Zeppelin) e o progressivo (Yes, Jethro Tull, Focus). Para música acha que nasceu pelo menos uns 30 anos atrasado. Das bandas atuais gosta de White Stripes, Wolfmother e Hellacopters. Mas sua paixão é o som trascendental do Pink Floyd. Os seus grandes sonhos são ver ao vivo uma reunião dos quatro novamente, como ocorreu no Live 8, além de comprar uma moto com a primeiro dinheiro que ganhar com o jornalismo.

Mais matérias de Cleyton Lutz no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin