Resenha - Encore Collection - Vol. II

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Maurício Gomes Angelo
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade


Lançar coletâneas das bandas de seu cast é uma estratégia que gravadoras usam há muito tempo. O custo-benefício de tal empreitada é altíssimo, já que, com isso, pode-se apresentar ao público várias bandas duma vez só. A coletânea da Encore Records chega a sua segunda edição em sua maioria com grupos de vertentes mais melódicas do metal.

Slash: Um dia Michael Jackson ficou puto com ele?Freddie Mercury: a descoberta do vírus em 1987

O Hibria abre o play-list com a surpreendente faixa título de seu último trabalho, "Defying The Rules". Heavy metal velocíssimo e de ótimos vocais, com pegada claramente oitentista que certamente conquistará uma boa quantidade de fãs. Do lado ainda mais pesado temos os alemães do Tankard, com a pegajosa e tradicional "Under Friendly Fire", o death metal do Soulreaper em "Son Of Dead" e "Spiritual Healing", faixa retirada do controvertido álbum de sobras, demos e ensaios de Chuck Shuldiner. E, claro, "Joseph Mengele", uma das melhores do relançamento de "Antes do Fim" pelo Dorsal Atlântica.

Layrinth e Vision Divine não aparecem tão bem com "M3" e "The Secret Of Life", respectivamente, enquanto Vhaldemar e Human Clay, um empunhado espadas, o outro dotado de maior criatividade, conseguem deixar boas impressões. Sentenced e The Gathering nos presenteiam com belos momentos de sua fusão de estilos. O Visceral é apenas mais um, ao contrário do Liar Symphony, que, se não convence, chega perto.

Este "Encore Collection Vol II" é uma oportunidade para todos que querem conhecer novas bandas sem cair na ilegalidade do mp3. Não deixe de conferir.

Site Oficial: www.enconrerecords.com.br




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs

Slash: Um dia Michael Jackson ficou puto com ele?Slash
Um dia Michael Jackson ficou puto com ele?

Freddie Mercury: a descoberta do vírus em 1987Freddie Mercury
A descoberta do vírus em 1987

Johnny Depp: a banda que poderia ter desbancado o GunsJohnny Depp
A banda que poderia ter desbancado o Guns

Dinheiro não é tudo mas ajuda: 5 Rock Stars que nasceram ricosDinheiro não é tudo mas ajuda
5 Rock Stars que nasceram ricos

Batom, laquê...: Como formar uma banda de Hard Rock em 69 liçõesBatom, laquê...
Como formar uma banda de Hard Rock em 69 lições

Gene Simmons: aos 60 anos, eu sou o rei do mundoGene Simmons
"aos 60 anos, eu sou o rei do mundo"

Dio: demitido do Rainbow por não compor músicas comerciaisDio
Demitido do Rainbow por não compor músicas comerciais


Sobre Maurício Gomes Angelo

Jornalista. Escreve sobre cultura pop (e não pop), política, economia, literatura e artigos em várias áreas desde 2003. Fundador da Revista Movin' Up (www.revistamovinup.com) e da revrbr (www.revrbr.com), agência de comunicação digital. Começou a escrever para o Whiplash! em 2004 e passou também pela revista Roadie Crew.

Mais matérias de Maurício Gomes Angelo no Whiplash.Net.