Resenha - Violet - Birthday Massacre

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Maurício Gomes Angelo
Enviar Correções  

1


Banda: The Birthday Massacre

publicidade

País: Canadá

Estilo: Pseudo-Eletro-Gothic de Butique

Lobby: Altíssimo

Hype: Baixo, graças a Deus

Público Alvo: Pré Adolescentes acéfalos de 9 a 12 anos

Qualidade Musical: -10

Criatividade: Inexistente

Instrumental: Monótono e uniforme, com alguma mínima alteração a partir da faixa 07, "Play Dead".

Letras: Ao estilo de garotinhos wasp’s burgueses entediados com a própria insignificância.

publicidade

Vocal: ?

Produção: Trivial.

Arranjos: Infantis.

Replay: Só se você possuir uma grave psicopatia.

Técnica: ?

Pergunta chave: Como uma porcaria dessas consegue chegar, com algum status e alguma mídia, aqui no Brasil?

Melhor não responder.

Formação:
Chibi (Vocal)
M. Falcore (Guitarra)
Rainbow (Guitarra)
Aslan (Baixo)
Rhim (Bateria)

Site Oficial: www.violetprison.com

publicidade

Hellion Records – Nacional.


Outras resenhas de Violet - Birthday Massacre

Resenha - Violet - Birthday Massacre

Resenha - Violet - Birthday Massacre




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Metallica: Lars é um bom baterista? Mike Portnoy explicaMetallica
Lars é um bom baterista? Mike Portnoy explica

Cinema: As 10 melhores aparições de bandas em filmesCinema
As 10 melhores aparições de bandas em filmes


Sobre Maurício Gomes Angelo

Jornalista. Escreve sobre cultura pop (e não pop), política, economia, literatura e artigos em várias áreas desde 2003. Fundador da Revista Movin' Up (www.revistamovinup.com) e da revrbr (www.revrbr.com), agência de comunicação digital. Começou a escrever para o Whiplash! em 2004 e passou também pela revista Roadie Crew.

Mais matérias de Maurício Gomes Angelo no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin