Resenha - Nightvision - Nightvision

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 7


Vindo da Suécia, o Nightvision foi fundado no início de 2001 e, após algumas alterações em sua formação, passou a contar com Peter Högberg (voz), Stefan Fjellner (guitarra), Johan Petersson (baixo), Mårten Sandén (teclados) e Mikael Szemler (bateria). Depois de muito tocarem em bares e clubes, conseguem chamar a atenção da MTM Records, que enfim lhes dão a oportunidade de entrarem em estúdio.

Keith Richards: colocando Justin Bieber em seu devido lugarA7X: Curiosidades sobre a banda que talvez você não saiba

O resultado é este auto-intitulado registro, que mostra muitas influências em seu hard rock repleto de melodias, lembrando os veteranos Whitesnake, TNT e até mesmo Dio. Mesmo soando de forma tão familiar, o disco está repleto de bons riffs e solos - Stefan realmente sabe manejar sua guitarra! - e, em função da profusão de teclados, consegue beirar o progressivo em algumas ocasiões. Quanto a Peter e sua voz com alguma influência de Ray Gillan (Badlands) e Joey Tempest (Europe), este sai relativamente bem atrás do microfone.

Porém, mesmo com tantos pontos favoráveis em canções uniformes, fica-se a impressão de que falta algo em sua sonoridade como um todo. O fato de soarem propositadamente como as bandas clássicas do gênero, aliado a algumas canções serem um pouco mais longas do que poderiam ser, acaba por cansar um pouco o ouvinte... É aí que a banda precisa de ajustes.

De qualquer maneira, há ótimas faixas. "Soldier Of A Dark Land", com seus belíssimos elementos sinfônicos; ou a balada "Hard To Let You Go", onde a voz de Peter tem seu ponto alto, conseguindo passar muita emoção a quem quer que escute. "Time Is Running Out" é como uma faixa de hard rock deve ser: crua, com um trabalho de guitarra pra lá de competente, linhas vocais muito fortes e obviamente os tradicionais refrãos de fácil assimilação.

Com uma boa produção, Nightvision traz um primeiro registro que mostra um bom começo. Há muito potencial aqui para acharem seu próprio caminho e acertarem alguns pequenos detalhes, o que com certeza aumentará o carisma de suas canções. Vamos ver o que o futuro reserva a este pessoal...

Nightvision - Nightvision
(MTM Records / 2005 - importado)

01. Before The Storm
02. Fight
03. Soldier Of A Dark Land
04. Silent Cry
05. Dragonfire
06. Thin Line Between Love And Hate
07. Stand Tall
08. Hard To Let You Go
09. Break The Chain
10. The Last Time
11. Time Is Running Out
12. The End

Homepage: www.nightvisiontheband.com




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Night Vision"


Keith Richards: colocando Justin Bieber em seu devido lugarKeith Richards
Colocando Justin Bieber em seu devido lugar

A7X: Curiosidades sobre a banda que talvez você não saibaA7X
Curiosidades sobre a banda que talvez você não saiba

Haja pente: os músicos mais cabeludos e barbudos do RockHaja pente
Os músicos mais cabeludos e barbudos do Rock

Blasfêmias?: Rockstars que atacaram a igreja, Jesus Cristo e DeusBlasfêmias?
Rockstars que atacaram a igreja, Jesus Cristo e Deus

Heavy Metal Fail: os Trues também saem mal na fotoHeavy Metal Fail
Os Trues também saem mal na foto

Radiohead: morador de rua faz cover de Creep e surpreende a todosRadiohead
Morador de rua faz cover de Creep e surpreende a todos

Courtney sobre Kurt: Ele não era uma menina frágil, era um homemCourtney sobre Kurt
"Ele não era uma menina frágil, era um homem"


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336