Resenha - 91 Suite - Times They Change

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9


A Espanha tem colocado algumas poucas, porém ótimas bandas no cenário do hard rock e AOR, como Nexx (cujo CD foi lançado no Brasil pela Hellion) e o Golden Farm. Mas este 91 Suite consegue impressionar qualquer ouvinte pela roupagem atualizada que colocou em canções que teriam conquistado fãs há mais de duas décadas.

Mamonas Assassinas: músicos já sabiam que iam morrer?Gigwise: as capas mais polêmicas dos anos 2000

Nada soa de forma datada. Estes espanhóis têm as manhas de captar a essência do hard rock e AOR oitentista e transportá-la aos dias atuais com muito bom gosto. Para situar o leitor, diria que este conjunto traz em suas composições boas e modernizadas mesclas de Bon Jovi e Journey, ou seja, muito alto-astral.

Contando com Jesús Espin (voz), Iván González (guitarra), Francisco J. Cerezo (guitarra), Daniel Morata (teclado), Antonio M. Ruiz (baixo) e Mario Mallo (bateria), o 91 Suite debutou em 2002 com um álbum auto-intitulado que caiu nas graças do público britânico e nipônico, sendo considerados pelos japoneses como "os novos Bon Jovi". Agora chegou a vez de seu segundo registro, "Times They Change", que vem para solidificar ainda mais sua boa reputação.

Suas composições são muito bem elaboradas, merecendo destaque especial a potente voz de Jesús, que canta em inglês; e ainda o trabalho das guitarras, cujos solos se aproximam do heavy metal propriamente dito. Exemplos de inspiração se mostram em faixas como "I Wanna Be In Love", com bonitas harmonias vocais que se completam com as guitarras; ou ainda em "Hopes And Dreams", um belíssimo AOR que consegue fugir da mesmice. Mas estes são apenas dois exemplos, praticamente todas as canções são excelentes!

Com este belo trabalho o Suite 91 já pode ser considerado de maneira bastante justa como um dos grandes nomes do hard melódico europeu. Obrigatório a quem curte Bon Jovi, Journey, Jaded Heart e similares.

91 Suite - Times They Change
(2005 / Vicious Records - importado)

01. Intro
02. Seal It With A Kiss
03. I Wanna Be In Love
04. Tell Me Why
05. Far Away
06. Times They Change
07. Every Day Goes By
08. Hopes And Dreams
09. Another Reason
10. Wings Of Fire
11. Stand Beside You
12. Hard To Forget
13. Will You Ever
14. Remember The Good Times

Homepage: www.91suite.com




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "91 Suite"


Mamonas Assassinas: músicos já sabiam que iam morrer?Mamonas Assassinas
Músicos já sabiam que iam morrer?

Gigwise: as capas mais polêmicas dos anos 2000Gigwise
As capas mais polêmicas dos anos 2000

Exemplos: 10 músicos com deficiências ou problemas de saúdeExemplos
10 músicos com deficiências ou problemas de saúde

Inspiração: 30 canções (não somente rock) para mantê-lo motivadoInspiração
30 canções (não somente rock) para mantê-lo motivado

Bruce Dickinson: Use Your Illusions? Aquele formato é uma bosta!Bruce Dickinson
Use Your Illusions? Aquele formato é uma bosta!

Metallica: incrível cover de Unforgiven por drives de disqueteMetallica
Incrível cover de "Unforgiven" por drives de disquete

Em 11/10/1996: Morre Renato Russo, da banda Legião UrbanaEm 11/10/1996
Morre Renato Russo, da banda Legião Urbana


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336